PF cumpre mandados de prisão contra suspeitos de contrabando

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 8 de março de 2018 as 11:52, por: CdB

A Operação Vista Grossa também cumpre sete mandados de busca e apreensão e medidas de afastamento de servidores públicos de suas funções

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro:

A Polícia Federal e a Corregedoria da Receita Federal cumpriram cinco mandados de prisão temporária contra suspeitos de participar de um esquema de contrabando e descaminho no Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão, no Rio de Janeiro. A Operação Vista Grossa também cumpre sete mandados de busca e apreensão e medidas de afastamento de servidores públicos de suas funções.

PF cumpre mandados de prisão contra suspeitos de contrabando no Rio

Os mandados estão sendo cumpridos nos bairros de Copacabana, São Conrado, Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes; e nas cidades de Cabo Frio (RJ) e Bragança Paulista (SP).

Segundo as investigações, iniciadas há um ano, os membros da quadrilha contratavam pessoas, chamadas de mula; para trazer para o Brasil mercadorias importadas. Os nomes dessas pessoas eram enviados para servidores da Receita Federal; para que fizessem vista grossa e facilitassem a entrada de produtos no país sem o devido pagamento de impostos.

A quadrilha trazia irregularmente produtos como celulares de alto padrão e com elevado custo de aquisição. Para cada mala de viagem que passava pelo canal de inspeção aduaneira sem fiscalização eram cobrados US$ 1 mil. Já para mochilas, 400 dólares por unidade.

Sargento da PM é o 24º policial assassinado

O segundo sargento da Polícia Militar do Rio Marcos Aurélio Nascimento Almeida foi assassinado na porta de sua casa, por volta das 21h40 de quarta-feira, em Campo Grande, na zona oeste da cidade. Segundo informações do Disque-Denúncia, ele e a namorada voltavam de uma pizzaria quando ocorreu o crime.

Segundo o Disque-Denúncia, assim que o policial desceu de seu carro para abrir o portão de sua casa, um homem, que estava sentado num banco da praça em frente à residência, se aproximou e efetuou os disparos. Em seguida, o criminoso fugiu em um carro que o esperava na esquina. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios.

Marcos estava de folga e era lotado no Batalhão do Leblon. Ele foi o 24º policial morto no Estado do Rio este ano. Das vítimas, 22 eram policiais militares e duas, policiais civis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *