Pochettino admite que Spurs pode demiti-lo devido a fase ruim

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 22 de outubro de 2019 as 13:46, por: CdB

O técnico do Tottenham Hotspur, Mauricio Pochettino, reconheceu que pode ficar sem emprego se os resultados não melhorarem.

Por Redação, com Reuters – de Londres

O técnico do Tottenham Hotspur, Mauricio Pochettino, reconheceu que pode ficar sem emprego se os resultados não melhorarem, mas disse que tenta não prestar muita atenção nas especulações sobre seu futuro.

Pochettino durante treino em Londres
Pochettino durante treino em Londres

O Spurs fez um início de temporada ruim, conseguindo só três vitórias em nove jogos da liga inglesa até o momento, e chega para a partida desta terça-feira contra o Red Star Belgrado na lanterna do Grupo B da Liga dos Campeões.

O Tottenham começou sua campanha europeia com um empate com o Olympiacos e depois levou uma surra de 7 a 2 do Bayern de Munique em Londres. O time também fez um empate de 1 a 1 com o Watford, lanterna do Campeonato Inglês, no final de semana.

– Nossa atuação não está tão boa quanto somos capazes de mostrar – disse Pochettino aos repórteres. “É claro que precisamos melhorar. Por outro lado, existem todos os boatos que surgem em qualquer clube quando você não vence, mas não quer dizer que são verdadeiros”, afirmou.

– Entendo este negócio. Tenho 47 anos, por que acham que não tenho cabelos brancos? Porque não presto atenção em nada disso. Só presto atenção a que precisamos melhorar nossas atuações – disse.

– Se não melhorarmos nossas atuações, qual será o resultado? Sempre é o mesmo no futebol, e vocês estão pensando o mesmo que eu.

Liga dos Campeões

O argentino, que tem contrato até 2023, transformou o time desde que o assumiu em 2014, fazendo do Tottenham um candidato frequente ao título da Liga dos Campeões.

Ele levou o clube à final desta competição na última temporada, perdendo para o Liverpool, mas disse que não ficou surpreso por seu cargo passar a ser questionado após alguns jogos ruins.

– Isso é o futebol, não estou surpreso. É normal – afirmou Pochettino. “O futebol sempre diz respeito a vencer hoje e amanhã. O que aconteceu ontem já foi, e aplicamos essa filosofia aqui”, disse.

– Você tem que pensar em vencer hoje e amanhã… se penso muito adiante e não venço, estes boatos não me surpreendem.

Liverpool

O zagueiro central holandês Virgil van Dijk é um dos sete jogadores do Liverpool na lista final de 30 nomes da Bola de Ouro deste ano, e os campeões da Liga dos Campeões dominaram as indicações ao prêmio prestigioso da revista France Football.

Além de Van Dijk, Sadio Mane, Mohamed Salah, Roberto Firmino, Trent Alexander-Arnold, Georginio Wijnaldum e Alisson também estão na lista, assim como Raheem Sterling, Riyad Mahrez, Kevin de Bruyne, Bernardo Silva e Sergio Aguero, do Manchester City.

Cristiano Ronaldo, atacante da Juventus, e Lionel Messi, do Barcelona, que venceram o prêmio 10 vezes entre si, também estão incluídos, mas Neymar, ex-colega de Messi que hoje joga no Paris Saint-Germain, não entrou na lista.

Son Heung-min, atacante do Tottenham Hotspur, e Hugo Lloris, goleiro do mesmo time, entraram na compilação, mas não houve espaço para o colega de equipe Harry Kane. Paul Pogba, meio-campista do Manchester United, foi outra omissão digna de nota.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *