Polícia apreende drogas e armas que abasteceriam comunidades da Zona Sul

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 28 de setembro de 2021 as 13:44, por: CdB

 

De acordo com a delegacia, o carregamento estava no fundo falso de um caminhão do Estado de Santa Catarina, que transportava cerca de 20 toneladas de frango. As armas e drogas abasteceriam comunidades da Zona Sul ligadas à maior facção criminosa do Rio.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

Policiais civis da 14ª DP (Leblon) apreenderam, na segunda-feira, cerca de duas toneladas de maconha, sete fuzis e cinco pistolas, além de centenas de munições. A apreensão ocorreu na Avenida Brasil, próximo à Fiocruz, na Zona Norte do Rio.

Polícia Civil apreende drogas e armas que abasteceriam comunidades da Zona Sul

De acordo com a delegacia, o carregamento estava no fundo falso de um caminhão do Estado de Santa Catarina, que transportava cerca de 20 toneladas de frango. As armas e drogas abasteceriam comunidades da Zona Sul ligadas à maior facção criminosa do Rio.

Ainda segundo a 14ª DP, a apreensão foi realizada devido a um monitoramento do Setor de Inteligência da distrital durante uma investigação sobre tráfico de entorpecentes no Estado. Na operação foram utilizados cachorros da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), que conseguiram localizar a droga entre o frango.

Fios de cobre

Um homem foi preso em flagrante por policiais civis da 60ª DP (Campos Elíseos), no sábado, quando furtava fios de cobre nas perto de uma estação ferroviária.

Os agentes localizaram o bandido após alerta de populares. Ao ser preso, ele confessou que venderia o cobre em um ferro-velho próximo de sua casa.

O criminoso foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Violência

Policiais civis da Delegacia de Polícia Interestadual – Divisão de Capturas (DC-Polinter) prenderam, na segunda-feira, um homem condenado por estupro. Ele foi capturado em sua residência, no bairro Laranjeiras, Zona Sul do Rio, em cumprimento a um mandado de prisão.

O caso ocorreu em 2010. Segundo as investigações, o autor contratou os serviços de uma garota de programa e a levou para sua casa. Chegando ao local, espancou a vítima, roubou seu dinheiro, a manteve em cárcere privado durante algum tempo e teve relações sexuais contra a vontade dela.

A mulher só conseguiu fugir das agressões e do estupro após ter pedido socorro a uma amiga, que compareceu ao local acompanhada por policiais militares. O autor possui diversas anotações criminais como estupro, lesão corporal e crimes contra a honra.

Outro homem acusado de estupro de vulnerável foi preso por  policiais civis na segunda. Ele foi capturado em Guaratiba, na Zona Oeste, após monitoramento do setor de inteligência.

Segundo os agentes, os abusos sexuais contra a menina, de 12 anos, aconteceram em 2012, ano em que o autor se relacionou com a mãe da vítima. Os atos eram cometidos enquanto sua companheira dormia.

Contra ele foi cumprido mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça. Após a ação, ele foi encaminhado ao sistema prisional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code