Polícia Civil prende chefe de quadrilha de roubo de veículos e cargas

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 11 de maio de 2020 as 14:46, por: CdB

Com base em ações de inteligência, policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) prenderam, o chefe de uma quadrilha de roubo de veículos e de cargas que age no norte Fluminense.

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

Com base em ações de inteligência, policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) prenderam, na tarde de domingo, o chefe de uma quadrilha de roubo de veículos e de cargas que age no Norte Fluminense e nos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo.

Polícia Civil prende chefe de quadrilha interestadual de roubo de veículos e cargas
Polícia Civil prende chefe de quadrilha interestadual de roubo de veículos e cargas

Ele estava sendo procurado pela unidade e foi localizado em uma casa avaliada em R$2 milhões, no município de Rio das Ostras. No local foram encontrados três veículos de luxo.

De acordo com informações da DRFA, o criminoso estava foragido desde 2018, quando fugiu serrando as grades de uma penitenciária. Desde que saiu da prisão, ele vinha praticando os crimes de roubo na região.

Ainda segundo a unidade, o preso é conhecido por ter um perfil violento e atuar sempre em rodovias. Contra ele foram cumpridos seis mandados de prisão pendentes no Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais e São Paulo.

Roubo

Policiais da 58ª DP (Posse) prenderam, no sábado, um homem acusado de crime de roubo. Contra ele foi cumprido mandado de prisão preventiva expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Nova Iguaçu.

O acusado foi localizado na Travessa União, bairro da Posse, e não ofereceu resistência à prisão. Ele foi encaminhado à SEAP, onde ficará à disposição da Justiça.

Crime de estupro

Policias da 66ªDP (Piabetá) em ação conjunta com policiais militares do 34° BPM realizaram, no sábado, o cumprimento de mandado de prisão de sentença condenatória, de um homem de 39 anos, indiciado pelo crime de estupro de vulnerável. Ele é acusado de ter praticado diversos abusos sexuais contra uma sobrinha de sua companheira, na época, com 10 anos de idade.

Ainda segundo os policiais, a ordem de prisão foi expedida pela 6ª Câmara Criminal da Comarca da Capital, que condenou o criminoso a uma pena de 14 anos de reclusão. Ele foi encaminhado ao sistema prisional.