Polícia Civil prende casal de estelionatários na Baixada Fluminense

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021 as 13:48, por: CdB

Policiais civis prenderam em flagrante um casal de estelionatários. Segundo os agentes, a dupla efetuou diversas compras pela Internet com dados de cartões furtados e foram a diversos estabelecimentos para retirar as mercadorias adquiridas de forma fraudulenta.

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

Policiais civis da 54ª DP (Belford Roxo) prenderam em flagrante um casal de estelionatários. Segundo os agentes, a dupla efetuou diversas compras pela Internet com dados de cartões furtados e foram a diversos estabelecimentos para retirar as mercadorias adquiridas de forma fraudulenta. O prejuízo causado gira em torno de mais de R$ 100 mil a comerciantes.

O prejuízo causado gira em torno de mais de R$ 100 mil a comerciantes

Após análise de dados, imagens dos suspeitos e levantamento de dados do setor de inteligência da 54ª DP, os policiais prenderam o casal, na última sexta-feira , no momento em que se dirigiam a um supermercado para efetuar a retirada de R$ 20 mil em bebidas compradas de forma criminosa pela Internet.

Ex-prefeito de Trajano de Moraes

Policiais civis da 81ª DP (Itaipu) prenderam o ex-prefeito de Trajano de Moraes, no domingo. Ele possuía quatro mandados de prisão em aberto, sendo dois de sentença condenatória, e estava sendo procurado desde 2016. O acusado foi localizado em um hotel de luxo no bairro do Leme, Zona Sul do Rio.

As investigações foram realizadas pela Delegacia de Trajano de Moraes, onde foi constatada a prática de crimes de superfaturamento de compras e contratação irregular com organização social praticados à época em que o acusado exercia o cargo de prefeito.

Mulher acusada de tráfico de drogas

Policiais civis da 125ª DP (São Pedro da Aldeia) prenderam em flagrante, no sábado, uma mulher acusada de tráfico de drogas. Ela foi localizada no bairro Balneário, daquele município, após informações de inteligência e monitoramento.

Segundo os agentes, com ela foram apreendidos 35 tubos plásticos contendo cocaína. Um comparsa da autora, que estava em posse do dinheiro obtido com a venda das drogas, conseguiu fugir.

Conduzida à delegacia, a mulher confessou o crime e afirmou que comercializava drogas em troca de um “pino” de cocaína para uso pessoal e R$ 20 para comprar cigarros.

A presa já possui passagem pela polícia pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico de drogas.