Polícia Civil realiza operação contra milícias no Rio

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 16 de novembro de 2021 as 13:08, por: CdB

A operação tem como objetivo coibir crimes como exploração de atividades ilegais controladas pela milícia, cobranças irregulares de taxas de segurança e de moradia, instalações de centrais clandestinas de TV a cabo e de Internet (gatonet/gatointernet), armazenamento e comércio irregular de botijões de gás e água.

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

A força-tarefa criada pela Polícia Civil para combater as milícias realizaram nesta terça-feira, operação na Zona Oeste e na Baixada Fluminense para prender criminosos e asfixiar as fontes de renda de uma quadrilha.

Força-tarefa contra milícias realiza ação na Zona Oeste carioca e na Baixada

Participaram da ação as delegacias do Departamento-Geral de Polícia Especializada (DGPE) e a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquérito Especiais (DRACO). Até o momento, cinco pessoas foram capturadas. Os policiais também interditaram estabelecimentos de venda irregular de gás e provedores clandestinos de Internet.

Também foram apreendidos fuzis, pistolas, munições, carregadores e coletes balísticos da milícia. Ainda durante a ação, a equipe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) impediu a execução de uma vítima na comunidade Jesuítas, em Santa Cruz, na Zona Oeste, que estava amarrada e prestes a ser executada.

Atividades ilegais

A operação tem como objetivo coibir crimes como exploração de atividades ilegais controladas pela milícia, cobranças irregulares de taxas de segurança e de moradia, instalações de centrais clandestinas de TV a cabo e de Internet (gatonet/gatointernet), armazenamento e comércio irregular de botijões de gás e água, empresas de GNV ilegais, parcelamento irregular de solo urbano, exploração e construções irregulares, areais e outros crimes ambientais, comercialização de produtos falsificados, contrabando, descaminho, transporte alternativo irregular e estabelecimentos comerciais explorados pela milícia e utilizados para lavagem de dinheiro.

Tráfico de drogas e armas

Policiais civis da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) prenderam, na segunda-feira, um homem investigado por envolvimento com tráfico de drogas e armas. Havia contra ele um mandado de prisão por roubo majorado.

Segundo os agentes, a organização criminosa a que ele pertencia está vinculada a uma facção que ocupa comunidades em Madureira e bairros próximos, na Zona Norte do Rio. Ele foi capturado em um dos acessos à comunidade Faz Quem Quer, em Rocha Miranda.

Venda de entorpecentes

Policiais civis da 112ª DP (Carmo) e militares prenderam em flagrante três pessoas e apreenderam um adolescente por envolvimento com o tráfico de drogas, nesta segunda-feira. Eles foram localizados no bairro Botafogo, no município de Carmo, Região Serrana, após uma denúncia sobre a venda de entorpecentes na região.

As equipes foram ao endereço descrito e perceberam intensa movimentação de pessoas entrando e saindo de uma residência. Depois de constatarem que no local funcionava um ponto de venda de drogas, os agentes entraram no imóvel, realizaram buscas e localizaram sacolés de cocaína em cima de uma cama.

O grupo foi levado à delegacia em seguida para formalização das prisões e apreensões.

Violência doméstica

Policiais civis da 112ª DP (Carmo) prenderam, na segunda-feira, um homem pelos crimes de tentativa de lesão corporal e ameaça, na forma da Lei Maria da Penha. Ele foi capturado no município de Carmo, na Região Serrana, após cruzamento de dados do Setor de Inteligência.

Segundo os agentes, a vítima relatou que estava sendo ameaçada pelo autor, que é seu companheiro. O homem tentou agredi-la, mas foi impedido pela mãe dele.

Os policiais realizaram diligências perto do local do fato e conseguiram capturá-lo. De acordo com as investigações, ele possui diversas passagens por violência doméstica contra pelo menos três mulheres.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code