Polícia desmantela campo de imigrantes nos arredores de Paris

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 4 de fevereiro de 2020 as 13:26, por: CdB

As 427 pessoas que moravam no local, em condições insalubres, foram transferidas para ginásios ou centros de acomodação na região.

Por Redação, com ABr – de Paris/Londres

A polícia francesa desmantelou nesta terça-feira um campo com centenas de imigrantes em Porte de La Villette, no nordeste de Paris, uma semana depois de fazer o mesmo com outro acampamento a algumas centenas de metros do local.

A polícia francesa desmantelou um campo com centenas de imigrantes em Porte de La Villette
A polícia francesa desmantelou um campo com centenas de imigrantes em Porte de La Villette

O Departamento de Polícia de Paris, em mensagem no Twitter, disse que terminou a operação em apenas duas horas, com a intervenção de agentes policiais, bem como de membros de associações.

As 427 pessoas que moravam no local, em condições insalubres, foram transferidas para ginásios ou centros de acomodação na região.

De acordo com contagem anterior da própria polícia, havia 266 tendas na área, número que havia aumentado após o despejo, em 28 de janeiro, do campo montado em Porte de Aubervilliers e, em 7 de novembro, de outro em Porte de la Chapelle.

Esta foi a 61ª operação de retirada de migrantes feita em Paris desde 2015.

O Departamento de Polícia afirmou que desta vez pôs fim ao último campo de migrantes próximo à capital francesa e alertou que seus agentes farão patrulhas para impedir a proliferação de novos campos.

Polícia de Londres

A polícia de Londres abateu, no domingo, um homem que apunhalou pelo menos duas pessoas na rua em Streatham, na zona sul da capital britânica. O incidente é considerado pelas autoridades como um ato terrorista.

“Um homem foi abatido por agentes armados em Streatham. Nesta fase acreditamos que um número de pessoas tenha sido apunhalado. As circunstâncias estão a ser averiguadas; o incidente foi declarado como relacionado com terrorismo”, declararam as forças policiais, que já confirmaram haver duas pessoas feridas.

A Polícia Metropolitana de Londres, também conhecida como Met, pediu à população que evite a área do incidente.

As autoridades já confirmaram que o homem alvejado pela polícia está morto. “Podemos confirmar que o homem abatido pela polícia na Streatham High Road (sul de Londres) foi declarado morto”, declarou a Met.

No local, para além da polícia encontram-se serviços de emergência médica.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, reagiu ao incidente. “Agradeço a todos os serviços de emergência que estão a dar resposta ao incidente em Streatham, que a polícia declarou como ato terrorista. O meu pensamento está com os feridos e todos os que foram afetados”, escreveu no Twitter.

Também o presidente da Câmara de Londres, Sadiq Khan, agradeceu às autoridades e aproveitou para lançar um aviso. “Os terroristas querem dividir-nos e destruir a nossa forma de viver, aqui em Londres nunca os deixaremos ser bem-sucedidos”.

O incidente acontece dois meses depois de a polícia britânica ter matado um homem na London Bridge, no centro da cidade, depois que ele matou duas pessoas e feriu três.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *