Polícia encontra granada com menores de rua no Rio

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado terça-feira, 1 de julho de 2003 as 10:14, por: CdB

Uma granada de fabricação argentina foi apreendida pela guarda municipal do Rio de Janeiro em poder de um grupo de cerca de 15 menores de rua no final da noite de segunda-feira, informou a Polícia Civil nesta terça-feira.

Os menores estavam concentrados em uma praça em frente ao shopping RioSul, no bairro de Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro.

Ao avistarem os guardas municipais, os menores chegaram a retirar o pino da granada, mas o artefato não explodiu.

– A gente chegou a correr atrás deles, mas eles fugiram rapidamente. Demos sorte porque a bomba não explodiu – disse o guarda municipal Carlos Macedo.

Os guardas acionaram o esquadrão antibombas da Polícia Civil para detonar o explosivo. Os policiais usaram sacos de areia para evitar que os estilhaços da granada ferissem alguém ou atingissem os prédios próximos.

Durante a operação, o trânsito nas duas pistas da avenida Princesa Isabel foi interditado.

– Essa é uma granada com capacidade de destruir um raio de até 30 metros. É uma granada que mata em um raio de nove metros. Não tem como desativá-la, tem que destruí-la no local – explicou o inspetor Antonio Candreva.

No início do ano, durante uma onda de ataques promovidos por traficantes, uma granada foi lançada na porta do shopping RioSul e destruiu parcialmente o chão e o teto do centro comercial mais visitado da zona sul carioca. No ano passado, o shopping foi alvo de um outro ataque semelhante ao do início desse ano.