Polícia prende estelionatários acusados de falso financiamento da casa própria

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020 as 13:54, por: CdB

O golpe, de acordo com investigações da polícia, consistia em atrair as vítimas através de anúncios de imóveis na internet com uma condição diferenciada de financiamento.  

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

Policiais da 38ª DP (Brás de Pina) prenderam na quarta-feira uma quadrilha de estelionatários que lesava pessoas que queriam comprar a casa própria. Cinco pessoas foram presas acusadas de fazer falsos financiamentos de imóveis.

Após arrecadar os valores os estelionatários enrolavam as vítimas com informações falsas
Após arrecadar os valores os estelionatários enrolavam as vítimas com informações falsas

O golpe, de acordo com investigações da polícia, consistia em atrair as vítimas através de anúncios de imóveis na internet com uma condição diferenciada de financiamento. Quando a pessoa se interessava pelo imóvel os estelionatários arrecadavam com as mesma o maior valor possível de entrada do imóvel e, em seguida informavam da necessidade de um sinal em um valor onde a vítima acreditava estar pagando a documentação da casa. Na maioria dos golpes os valores ultrapassavam a casa dos R$ 10 mil. Houve casos em que esse sinal ultrapassou os R$ 20 mil.

Após arrecadar os valores os estelionatários enrolavam as vítimas com informações falsas acerca da tramitação do processo de financiamento, até que por fim fechavam o escritório e passavam a atuar em outro endereço com outro nome. Para chegar às vítimas a quadrilha usava sempre a logomarca de alguma empresa famosa de empréstimos e financiamentos imobiliários.

Capirinhas e drogas a banhistas

Durante ação para coibir a prática de roubos e tráfico de drogas na Orla de Copacabana, policiais da 12ª DP (Copacabana) prenderam, na noite de quarta-feira, um homem, de 20 anos de idade, que atuava como ambulante irregular. Ele foi flagrado oferecendo caipirinhas e drogas a banhistas nacionais e estrangeiros que transitam diuturnamente pelo calçadão da Avenida Atlântica.

Os agentes tiveram a atenção despertada para o criminoso diante da conduta de seus clientes, que se aproximavam de seu ponto de venda informal, negociavam valores com ele e se afastavam sem qualquer bebida em suas mãos. Com o autor foi arrecadado um tablete de maconha em sua posse,

Operação

Agentes da 81ªDP (Itaipu) realizaram, em Itaipuaçu, Maricá, o cumprimento de mandado de prisão de um homem indiciado pelos crimes tráfico de drogas e associação para o tráfico.

De acordo com a investigação, o homem é associado a um grupo de tráfico de drogas que atua na comunidade boa esperança, em Itaipu, na região Oceânica de Niterói.

O mandado foi expedido pela 1ª Vara Criminal de Niterói e o homem já está à disposição da justiça.

Crimes violentos

No primeiro mês de 2020, o estado do Rio de Janeiro registrou queda de 11% nos chamados crimes violentos letais intencionais, categoria que inclui homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida de morte.

Foram registradas 360 vítimas em janeiro contra 403 no mesmo mês do ano passado. Foi o menor número deste tipo de crime em janeiro no estado nos últimos sete anos. Os dados foram divulgados na quarta-feira pelo Instituto de Segurança Pública (ISP).

Em janeiro, o número de roubos de carga caiu em 22%, indo de 740 para 577, em 2020, o menor resultado para janeiro desde 2015.

O Estado também registrou redução de 14% no número de roubos de veículos: 3.785 ocorrências em 2019, contra 3.246 em 2020. Os roubos de rua caíram 14%, em janeiro deste ano, na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *