Polícia Federal apura falsificação de alvarás de soltura no Rio

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 24 de março de 2021 as 11:54, por: CdB

 

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal (MPF) cumpriram nesta quarta-feira quatro mandados de prisão preventiva e 16 de busca e apreensão contra acusados de falsificar documentos para a liberação indevida de presos no Rio de Janeiro.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal (MPF) cumpriram nesta quarta-feira quatro mandados de prisão preventiva e 16 de busca e apreensão contra acusados de falsificar documentos para a liberação indevida de presos no Rio de Janeiro.

Operação da PF apura falsificação de alvarás de soltura no Rio

A operação Camaleão.com está cumprindo mandados nos municípios fluminenses de Niterói, São Gonçalo, São João de Meriti e Rio de Janeiro, além de Belo Horizonte.

Segundo o Ministério Público Federal, o grupo é acusado de falsificar documentos públicos, como alvarás de soltura, certidões e decisões judiciais. Esses documentos falsificados eram apresentados ao sistema penitenciário fluminense para garantir a liberação de presos.

Os alvos da ação

Os alvos da ação desta quarta-feira são investigados pelos crimes de organização criminosa, falsificação de documento público, uso de documento falso e fuga de pessoa presa. Também investiga-se se houve a corrupção de agentes públicos.

Os presos serão conduzidos para a Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, onde prestarão depoimento.

Roubo e porte ilegal de arma

Policiais civis da 34ª DP (Bangu) prenderam, na segunda-feira, um homem acusado de roubo e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. Ele foi capturado no bairro Campo Grande, na Zona Oeste, após monitoramento do setor de inteligência.

Contra ele foi cumprido mandado de prisão expedido pela Vara Única da Comarca de Nísia Floresta, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. Pelos crimes o autor foi condenado a pena de 8 anos no regime fechado.

Um homem acusado de tráfico de drogas foi preso na segunda. Ele foi capturado no bairro de Cordovil, na Zona Norte, após monitoramento do Setor de Inteligência.

De acordo com os agentes, contra o criminoso foi cumprido mandado de prisão pendente. Ele não ofereceu resistência à prisão e está à disposição da Justiça no sistema prisional.