Polícia Federal combate organização que desviou R$ 30 milhões com invasões de sistemas bancários

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, Polícia, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 7 de dezembro de 2018 as 11:15, por: CdB

De acordo com a investigação, iniciada em 2016, a organização criminosa recrutava estagiários e funcionários tercerizados de bancos para instalar equipamentos que permitiram a invasão dos sistemas por integrantes da quadrilha.

Por Redação, com Reuters – de Brasília

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira operação para desarticular organização criminosa suspeita de fraudar sistemas informatizados de instituições bancárias em cinco Estados e no Distrito Federal e desviar ao menos R$ 30 milhões, informou a PF em nota.

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira operação para desarticular organização criminosa

Como parte da chamada operação Bandeirantes, foram expedidos quatro mandados de prisão preventiva, três de prisão temporária e oito de busca e apreensão em endereços em Brasília, Goiânia e São Paulo, segundo a PF, que não identificou as organizações financeiras afetadas pelo esquema.

Investigação

De acordo com a investigação, iniciada em 2016, a organização criminosa recrutava estagiários e funcionários tercerizados de bancos para instalar equipamentos que permitiram a invasão dos sistemas por integrantes da quadrilha.

– Com acesso aos dados dos clientes, através de senhas de servidores das instituições financeiras, os criminosos transferiram valores de correntistas para contas de integrantes do grupo – afirmou a PF, acrescentando que o esquema foi identificado em Alagoas, Rio Grande do Norte, Goiás, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal.

Segundo comunicado da Polícia Federal, as instituições bancárias envolvidas estimam que a fraude gerou prejuízo de R$ 30 milhões apenas no último ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *