Polícia Federal faz operação contra fraudes no FAT no Rio

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 12 de dezembro de 2019 as 13:41, por: CdB

Segundo a Polícia Federal (PF), a quadrilha inseria vínculos falsos de emprego no sistema Conectividade Social e, em seguida, formalizava a demissão do empregado fictício.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

Policiais federais fizeram nesta quinta-feira uma operação no Rio de Janeiro para desarticular lima organização criminosa que fraudava o Fundo de Amparo do Trabalhador (FAT).

Grupo gerou prejuízo superior a R$ 1 milhão
Grupo gerou prejuízo superior a R$ 1 milhão

A Operação Seguro visou cumprir 13 mandados de prisão preventiva, expedidos pela 3ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

Segundo a Polícia Federal (PF), a quadrilha inseria vínculos falsos de emprego no sistema Conectividade Social e, em seguida, formalizava a demissão do empregado fictício para que fosse recebido o seguro-desemprego.

A PF estima que o grupo gerou prejuízo superior a R$ 1 milhão. Oito mandados de prisão foram cumpridos até o fim da manhã desta quinta-feira.

Roubos

Policiais da 60ªDP (Campos Elíseos) capturaram, na quarta-feira, Leonardo de Mendonça dos Santos, 32 anos, em cumprimento a mandado de prisão condenatória, pelo crime de roubo.

Com base em trabalho de inteligência e monitoramento, os agentes localizaram o acusado em sua residência, sem que oferecesse resistência. Leonardo foi condenado juntamente com outros dois autores por terem roubado, usando armas de fogo, o veículo de um casal e todos seus pertences pessoais. O preso foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Agentes da Divisão de Capturas e Polícia Interestadual (DC Polinter) realizaram, na quarta-feira, no Recreio dos Bandeirantes, o cumprimento de mandado de prisão condenatória de Fabiano de Oliveira Moraes, de 37 anos, acusado de cometer o crime de furto qualificado.

O mandado foi expedido pela 14ª Vara Criminal da Comarca da Capital e homem já está à disposição da justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *