Polícia investiga mortes de três pessoas em tiroteio no Rio

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 11 de fevereiro de 2020 as 13:11, por: CdB

Um tiroteio no morro de São Carlos, na região central do Rio de Janeiro, deixou três mortos na madrugada desta terça-feira. A Polícia Militar informou que não fazia operação na área.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

Um tiroteio no morro de São Carlos, na região central do Rio de Janeiro, deixou três mortos na madrugada desta terça-feira. A Polícia Militar informou que não fazia operação na área no momento em que as pessoas foram baleadas.

Um tiroteio no morro de São Carlos, na região central do Rio de Janeiro, deixou três mortos
Um tiroteio no morro de São Carlos, na região central do Rio de Janeiro, deixou três mortos

Segundo a Polícia Civil, as mortes de Samuel Peixoto da Silva, Yanca Lorrana Marques Rodrigues dos Santos e Fernando da Costa Cavalcante estão sendo investigadas pela Delegacia de Homicídios da Capital. A delegacia está fazendo diligências para tentar esclarecer as mortes.

Samuel Peixoto da Silva era professor de jiu-jitsu e dava aulas em um projeto social na comunidade de São Carlos.

Extorsão na Praça Seca

Policiais da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) prenderam em flagrante na segunda-feira dois homens que faziam extorsão na Praça Seca, em Jacarepaguá.

Eles foram autuados por extorsão, organização criminosa e porte ilegal de arma de fogo. Com os suspeitos foram apreendidos um fuzil automático leve calibre 7,62 , uma pistola calibre 9mm, 18 munições calibre 7,62, 100 munições calibre 5,56, 03 granadas e uma quantia em dinheiro.

As investigações das especializada continuarão, com o propósito de prender todos os integrantes das organizações criminosas que atuam naquela comunidade.

Mulher acusada de roubo

Policias da 99ª DP (Itatiaia) prenderam na cidade de Cruzeiro, em São Paulo, uma mulher acusada de roubo majorado e disparo de arma de fogo. Ela foi encontrada após investigações do setor de inteligência da delegacia que apontaram o local de esconderijo da acusada.

Ela foi encaminhada para a Delegacia de Investigações Gerais de Cruzeiro e em seguida conduzida para 99ªDP onde foi encaminhada ao sistema prisional do Estado do Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *