Polícia faz operação para conter guerra entre traficantes e milicianos no Rio

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 8 de outubro de 2018 as 14:29, por: CdB

De acordo com informações da Polícia Militar, um suspeito foi morto e outros três foram baleados.

Por Redação, com agências de notícias – do Rio de Janeiro

Confronto entre traficantes e milicianos em disputa pelo controle de comunidades em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, se estendeu na madrugada desta segunda-feira. Os moradores do Complexo do Rola foram afetados .

Disputa pelo controle de comunidades da Zona Oeste deixa mortos e feridos

Policiais dos batalhões de Santa Cruz, Campo Grande e Bangu, além de militares do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), BPChq (Batalhão de Polícia de Choque), BAC (Batalhão de Ações com Cães) e GAM (Grupamento Aeromóvel), fizeram operação na região.

De acordo com informações da Polícia Militar, um suspeito foi morto e outros três foram baleados. Dois deles deram entrada no Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade, e o terceiro ferido foi socorrido ao Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz. Não houve informações sobre seu estado de saúde.

Em setembro na Zona Norte, dois fuzis, uma granada, um rádio transmissor, e um carro, roubado, foram apreendidos.

As avenidas Antares e Cesário de Melo ficaram interditadas, entre 7h e 10h, por conta do risco de circulação na região.

O serviço 17 do BRT, que sai de Campo Grande, ficou suspenso temporariamente por motivos de segurança.

O porta-voz da PM, major Ivan Blaz, disse que em primeiro momento, a prioridade da corporação não é prender os suspeitos, mas conter a situação na comunidade.

A guerra do crime organizado pelo controle da região é recorrente. Em agosto deste ano, mais de 2 mil homens das Forças Armadas e das polícias Civil e Militar participaram de uma operação no Complexo do Rola e na Comunidade de Antarespara conter uma disputa entre traficantes e milicianos que se estendia desde julho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code