Polícia faz operação contra tráfico e roubo de cargas

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 2 de outubro de 2019 as 11:53, por: CdB

A Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro deflagraram nesta quarta-feira uma operação conjunta para desarticular um grupo criminoso.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

A Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro deflagraram nesta quarta-feira uma operação conjunta para desarticular um grupo criminoso envolvido com a venda de drogas ilícitas e com roubo e receptação de cargas. O objetivo dos agentes é cumprir 15 mandados de prisão preventiva e, até o fim da manhã, dez pessoas tinham sido presas.

Polícia faz operação contra tráfico e roubo de cargas no Rio
Polícia faz operação contra tráfico e roubo de cargas no Rio

O grupo, que atua na região da Pavuna, Costa Barros, Jardim América Barros Filho e adjacências, na Zona Norte do Rio de Janeiro, também é acusado da comercialização de bebida alcoólica adulterada, porte de arma de uso restrito, comércio ilegal de arma de fogo e corrupção ativa.

De acordo com o Ministério Público, as investigações tiveram origem nas informações contidas em caderno de anotações da quadrilha, apreendido durante uma operação da Polícia Militar no Complexo de Favelas do Chapadão, em Costa Barros, no ano de 2017.

As apurações

Ainda segundo as apurações, os criminosos praticavam o roubo de cargas como forma de conseguir dinheiro para financiar a compra de armas e drogas, e em apenas seis ações teriam roubado carregamentos no valor de cerca de R$ 850 mil.

Ainda de acordo com o MP, outra prática da quadrilha era a corrupção de policiais militares através do pagamento de propina, para que os agentes deixassem de reprimir as atividades criminosas praticadas pelo bando.

Estufa de maconha

A Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) estourou, na manhã desta quarta-feira uma estufa com cerca de 30 pés de maconha instalada em uma casa na Rua Benvindo de Novaes, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio.

No local os agentes apreenderam folhas de maconha trituradas, produtos para potencializar o efeito da droga, além de uma prensa que extrai o óleo puro da erva para ser fumada em cigarros eletrônicos.

De acordo com o delegado Reginaldo Félix, titular da DCOD, a estufa, que é importada, mantinha a droga em temperatura ambiente, garantindo assim a conservação com o auxílio de pulverizadores. Pequenas mudas também foram apreendidas, todas adquiridas no exterior, para serem plantadas.

Ainda segundo o delegado, estima-se que cada quilo do skank seja vendido por cerca de R$ 20 mil. Bruno Grande da Luz, 34 anos, que estava na casa no momento da ação, foi preso em flagrante por tráfico de drogas.

Operação em Itaipava

A Secretaria de Estado de Polícia Civil, por meio da 106ª DP (Itaipava), realiza, nesta quarta-feira, uma operação para cumprir mandados de busca e apreensão em Araras, em Itaipava.

Os mandados foram expedidos a partir da investigação da delegacia que apura uma tentativa de homicídio em um bar na região do Vale das Videiras no dia 11 de setembro. Nos endereços foram apreendidas 6 armas de fogo, munições, além de uma motocicleta que teria sido usada no dia do crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *