Polícia prende dupla especializada em furtar residências de luxo no Rio

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 8 de julho de 2024 as 12:27, por: CdB

De acordo com os agentes, a vítima procurou a delegacia e relatou que, no sábado, teve sua residência furtada pelos criminosos, que agiram enquanto estava em viagem com seus pais. A 14ª DP iniciou as investigações, analisou imagens de câmeras de segurança do condomínio.

Por Redação, com agências de notícias – do Rio de Janeiro

Policiais civis da 14ª DP (Leblon) prenderam, no domingo, dois homens que furtaram uma residência no bairro Leblon, na Zona Sul da capital do Rio.

Policiais civis prenderam dois homens que furtaram uma residência no bairro Leblon

Segundo as investigações, a dupla faz parte de uma organização criminosa, do Estado de São Paulo, especializada em furtar casas de luxo na cidade do Rio de Janeiro.

De acordo com os agentes, a vítima procurou a delegacia e relatou que, no sábado, teve sua residência furtada pelos criminosos, que agiram enquanto estava em viagem com seus pais. A 14ª DP iniciou as investigações, analisou imagens de câmeras de segurança do condomínio e identificou o veículo utilizado pelos bandidos.

Os policiais seguiram em diligências e prenderam os assaltantes na Rodovia Presidente Dutra, quando se dirigiam para São Paulo. A ação contou com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Com eles foram apreendidos quatro telefones celulares, jóias das vítimas, cerca de R$ 1,5 mil, além de uma quantia em dólar.

Polícia de Maricá prende foragido por latrocínio

Agentes da Patrulha Escolar da Polícia Militar, da 6ª Cia do 12º BPM prenderam, na manhã do último sábado, na Estrada dos Cajueiros, em Maricá, um homem que estava foragido da justiça.

Durante o patrulhamento de rotina, a Patrulha foi acionada por passageiros para verificar um passageiro que estaria causando transtorno durante a viagem na viação EPT.

Após ordem de parada ao veículo, o acusado foi localizado e por não apresentar nenhum documento de identificação, foi conduzido à 82ª DP (Maricá), onde foram constatadas cinco anotações criminais: três por roubo; um por associação ao tráfico de drogas e um anotação por extorsão.

Contra Walter também foi verificada a existência de dois mandados de prisão de recaptura: pelo crime de roubo e pelo crime de latrocínio. Ele foi conduzido à 76ª DP, onde permaneceu preso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *