Polícia prende integrante de quadrilha paulista em Niterói

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 1 de abril de 2021 as 14:10, por: CdB

Segundo as investigações, o acusado estava foragido há cerca de quatro meses, desde que agentes de São Paulo estouraram um grande laboratório onde ele falsificava medicamentos e estocava anabolizantes contrabandeados.

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

Investigadores da 76ª DP (Centro de Niterói) e da 81ª DP (Itaipu), em ação integrada com o 1º Cerco (Corpo Especial de Repressão ao Crime Organizado) da Polícia Civil do Estado de São Paulo, prenderam um integrante de organização criminosa paulista, na quarta-feira.

Segundo as investigações, o acusado estava foragido há cerca de quatro meses

Segundo as investigações, o acusado estava foragido há cerca de quatro meses, desde que agentes de São Paulo estouraram um grande laboratório onde ele falsificava medicamentos e estocava anabolizantes contrabandeados. Na ocasião, foi apreendido mais de R$ 1 milhão em medicamentos e insumos.

O criminoso

O criminoso foi localizado e preso no Fonseca, em Niterói, onde se recuperava de uma cirurgia após ter sido baleado.

Contra ele foi cumprido mandado de prisão expedido pela Justiça de São Paulo pelos crimes de associação criminosa, falsificação ou adulteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais e exercício ilegal da profissão farmacêutica.

Roubo

Policiais civis da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) do Centro prenderam, na quarta-feira, um homem, de 27 anos, acusado de roubo a transeunte. Ele foi capturado na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, após monitoramento do Setor de Inteligência da unidade.

De acordo com os agentes, o crime aconteceu em 2016, no mesmo bairro onde o autor foi preso. Ele e um comparsa estavam armados, em uma moto, e assaltaram transeuntes naquela localidade. Contra o acusado, foi cumprido mandado de prisão expedido pela Justiça. O homem foi encaminhado ao sistema prisional.

Crime

Policiais civis da Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) de Cabo Frio prenderam, na quarta-feira, um acusado de tentativa de feminicídio. De acordo com os agentes, as investigações começaram após a ex-companheira do homem relatar que acordou com golpes de martelo na cabeça e no braço. Ela dormia com o filho ao lado no momento em que foi agredida.

De acordo com os policiais, devido à gravidade dos fatos, a equipe da DEAM solicitou a prisão preventiva do acusado, que foi deferida pela Justiça. Após pesquisas e cruzamentos de dados do setor de inteligência da unidade policial, o acusado foi localizado e preso, no bairro Jardim Esperança, em Cabo Frio, na Região dos Lagos. Ele foi encaminhado ao sistema penitenciário e está à disposição da Justiça.

Violência doméstica

Policiais civis da 78ª DP (Fonseca) prenderam, na quarta-feira, um homem acusado de crime de violência doméstica. Ele foi capturado em Niterói, após levantamento do Setor de Inteligência da unidade policial.

Na ocasião, foi cumprido mandado de prisão expedido pela Justiça. De acordo com os agentes, o autor possui 13 anotações criminais pela prática de violência doméstica.