Polícia prende milicianos que extorquiam motoristas de van no Rio

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 31 de agosto de 2021 as 13:55, por: CdB

Segundo os agentes, os motoristas eram obrigados a pagar uma taxa para que pudessem circular com o veículo no itinerário de domínio da milícia. Cada van recebe uma espécie de selo, caso o profissional efetue o pagamento, cujo valor varia dependendo da linha.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

Policiais civis da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (DRACO) prenderam, na segunda-feira, dois homens acusados de extorquir motoristas de transportes alternativos no bairro Campo Grande, Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. A dupla foi presa em flagrante.

Milicianos que extorquiam motoristas de van em Campo Grande são presos

Segundo os agentes, os motoristas eram obrigados a pagar uma taxa para que pudessem circular com o veículo no itinerário de domínio da milícia. Cada van recebe uma espécie de selo, caso o profissional efetue o pagamento, cujo valor varia dependendo da linha. As investigações apontam que os criminosos ameaçavam incendiar os automóveis caso as vítimas não obedecessem aos milicianos.

Ainda de acordo com os policiais, com a dupla foram apreendidos selos e dinheiro.

Roubo

Policiais civis da 72ª DP (São Gonçalo) prenderam, na segunda-feira, um homem pelo crime de roubo qualificado. Ele foi capturado no bairro Novo Horizonte, em Itaboraí, após trabalho de inteligência e monitoramento.

De acordo com os agentes, a ação foi em cumprimento de um mandado de prisão preventiva. O foragido possui anotações criminais por roubo majorado e tráfico de drogas.

O homem foi encaminhado ao sistema penitenciário e está à disposição da Justiça.

Preso homem por receptação

Policiais civis da 146ª DP (Guarus) prenderam em flagrante, um homem pelo crime de receptação. Ele foi capturado no bairro Parque Rio Branco, em Campos dos Goytacazes, Região Norte, após trabalho de inteligência e monitoramento.

De acordo com os agentes, a ação ocorreu para reprimir os recentes roubos na região. Durante diligências, os policiais abordaram dois homens em uma motocicleta. O veículo foi pesquisado e constatou-se ser objeto de crime, com identificadores adulterados.

O homem foi encaminhado ao sistema penitenciário, onde está à disposição da Justiça.

Produtos vencidos em clínica de estética

Policiais civis da Delegacia do Consumidor (Decon) prenderam em flagrante, na segunda-feira, a proprietária de uma clínica de estética que mantinha produtos vencidos em seu estabelecimento. Ela responderá por crime contra a ordem tributária, econômica e relações de consumo.

Na clínica dela os agentes encontraram produtos e  materiais para radiografia vencidos, materiais cirúrgicos em embalagens de esterilização sem data de validade, material descrito para ser usado em “lipo” sem data de validade, vidros de ácido hialuronico injetável vencidos, entre outros materiais vencidos e não especificados.

A prisão aconteceu durante uma ação fiscalizatória, acompanhada do Conselho Regional de Odontologia do Rio de Janeiro (CRO-RJ), em um curso de harmonização orofacial, em um shopping da Barra da Tijuca, na Zona Oeste. Os agentes foram ao local após diversas denúncias a respeito de exercício ilegal da profissão e uso de materiais vencidos e não licenciados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Todo material foi apreendido e encaminhado para perícia. Durante a ação, o companheiro da dona da clínica foi autuado por desacato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code