Polícia prende traficante em comunidade do Rio

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 1 de outubro de 2019 as 14:26, por: CdB

 

Segundo os agentes, o criminoso fugiu ao ser abordado na localidade onde há venda de drogas.

Por Redação, com ACS e ABr – de Rio de Janeiro

Policiais da 62ª DP (Imbariê) prenderam em flagrante, nesta terça-feira, na Comunidade de Rodrigues Alves, em Imbariê, Alan Rodrigues Coelho, pelo crime organização criminosa e tráfico de drogas.

Alan admitiu que a substância que estava em sua posse era para venda a usuários
Alan admitiu que a substância que estava em sua posse era para venda a usuários

Segundo os agentes, Alan fugiu ao ser abordado na localidade onde há venda de drogas e com ele foi encontrado material entorpecente em quantidade considerável e embalado em várias cápsulas.

Em sede policial, Alan admitiu que a substância que estava em sua posse era para venda a usuários, na mesma localidade onde foi preso. Ele ainda informou também o local onde pegou as drogas para venda.

Alan foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da justiça.

Policiais da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher de Duque de Caxias (DEAM/Caxias) prenderam, na segunda-feira, Felipe Cruz de Oliveira, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido pelo Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Duque de Caxias, pelos crimes de divulgação de cena de sexo ou pornografia, ameaça e extorsão.

Segundo as informações, a vítima conheceu Felipe, que é morador do município de Cabo Frio, há cerca de dois meses, por meio de redes sociais, quando após esse tempo resolveram se encontrar e mantiveram relações íntimas apenas uma vez.

No dia seguinte, de volta a sua cidade, Felipe e a vítima continuaram o relacionamento amoroso à distância por meio de aplicativos de comunicação e passaram a trocar imagens e vídeos íntimos.

Vítima

Quando a vítima decidiu por um fim no relacionamento, o autor passou a ameaçá-la, exigindo um valor monetário, sob pena de divulgação das imagens e dos vídeos íntimos da vítima na internet e nas redes sociais.

Após investigações, os agentes conseguiram qualificar e descobrir o paradeiro do autor, representando pela prisão preventiva do indiciado, que agora encontra-se preso à disposição da Justiça.

Miliciano

Policiais da Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas (Draco) prenderam, na semana passada, o miliciano Marcus Vinícius Gomes Dias, o “Panelada”. Ele é apontado, segundo investigações da Polícia Civil, como chefe de uma organização criminosa de milícia que atua nas comunidades Beira Rio, Novo Rio e Terreirão, no Recreio dos Bandeirantes, e com conexões com o crime organizado de Rio das Pedras, todas localizadas na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

De acordo com o titular da Draco, delegado Gabriel Ferrando, a quadrilha chefiada por Marcus Vinícius atuava cobrando taxas mensais de até R$100 para comerciantes e semanal de R$15 para moradores e de R$ 30 para os mototaxistas. A organização criminosa também explorava serviço de TV a cabo clandestino.

Segundo Ferrando, os criminosos faziam cobranças dos moradores que desejassem realizar obras em suas casas. Para colocar uma nova laje, o morador tinha de pagar cerca de R$ 1 mil a quadrilha.

A investigação apontou que o bando agia com violência e costumava torturar e espancar integrantes de quadrilhas rivais e suspeitos de praticar crimes. Após a morte de Anderson Crisóstomo Sanches dos Santos, presidente da associação de moradores da comunidade Novo Rio,  Marcus Vinicius conseguiu tomar o controle da comunidade e se uniu à milícia da comunidade Beira-Rio.

Marcus Vinícius foi preso em um imóvel de luxo localizado em um condomínio da Barra da Tijuca, área nobre da cidade. A polícia cumpriu um mandado de prisão de sentença pelos crimes de roubo qualificado, extorsão com emprego de arma de fogo, formação de quadrilha, porte de arma e crime de tortura.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *