Polícia do Rio deflagra operação contra  quadrilha de golpistas

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 24 de março de 2021 as 13:30, por: CdB

Policiais civis da Delegacia de Defraudações (DDEF) realizaram, nesta quarta-feira, a “Operação Habite-se” para cumprir 17 mandados de busca e apreensão contra dez suspeitos de integrar uma organização criminosa que aplicava golpes em pessoas que tentavam comprar a casa própria.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

Policiais civis da Delegacia de Defraudações (DDEF) realizaram, nesta quarta-feira, a “Operação Habite-se” para cumprir 17 mandados de busca e apreensão contra dez suspeitos de integrar uma organização criminosa que aplicava golpes em pessoas que tentavam comprar a casa própria.

Polícia Civil deflagra operação contra uma quadrilha de golpistas

A quadrilha já enganou mais de 200 compradores, causando prejuízo em torno de R$ 6 milhões. Até o momento, nove acusados foram presos.

Segundo os agentes, os criminosos atraíam as vítimas por meio de anúncios pela Internet com preços abaixo do valor de mercado, alegando que os imóveis seriam retomados pela Caixa Econômica Federal.

Os compradores

Os compradores percebiam que era um golpe após depositar valores que chegavam a até R$ 15 mil na conta corrente do chefe da quadrilha, “para garantir a compra da casa e assegurar a desocupação do bem”.

Após o depósito, as vítimas procuravam o escritório da organização criminosa e eram informadas de que o dinheiro correspondia a uma assessoria financeira para a compra do imóvel e recebiam falsos contratos de prestação de serviço de assessoria imobiliária.

Traficantes

Policiais civis da 14ª DP (Leblon) realizaram, na terça-feira, uma operação para reprimir o tráfico de drogas na Cruzada de São Sebastião, no Leblon, Zona Sul do Rio. Na ocasião, três homens foram presos em flagrante enquanto vendiam entorpecentes. Um deles é considerado o terceiro na hierarquia da quadrilha que atua na localidade.

Durante a ação, houve apreensão de maconha, cocaína e crack. Segundo os agentes, os três foram autuados por crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Um dos criminosos resistiu a abordagem dos policiais e também vai responder por resistência. De acordo com as investigações, todos possuem anotações criminais anteriores.