Polícia do Rio prende suspeitos de violência contra a mulher

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 13 de agosto de 2020 as 12:57, por: CdB

Policiais civis cumpriram nesta quinta-feira mais de 100 mandados de prisão de foragidos da Justiça por crimes de violência contra a mulher no Rio de Janeiro. A operação Athena está sendo coordenada pelo Departamento Geral de Polícia de Atendimento à Mulher (DGPAM), da Polícia Civil.

Por Redação, com ABr –  do Rio de Janeiro

Policiais civis cumpriram nesta quinta-feira mais de 100 mandados de prisão de foragidos da Justiça por crimes de violência contra a mulher no Rio de Janeiro.

Operação prende suspeitos de violência contra a mulher
Operação prende suspeitos de violência contra a mulher

A operação Athena está sendo coordenada pelo Departamento Geral de Polícia de Atendimento à Mulher (DGPAM), da Polícia Civil do Rio, em homenagem aos 14 anos da Lei Maria da Penha.

Os mandados de prisão foram expedidos pela Justiça a partir de inquéritos policiais concluídos por delegacias do Estado, mas não inclui foragidos que estejam dentro de comunidades controladas por grupos criminosos armados, devido à restrição de operações em favelas durante a pandemia de covid-19, imposta pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com a diretora do DGPAM, delegada Sandra Ornellas, somente em 2019 as delegacias de atendimento à mulher no Rio indiciaram 16.703 suspeitos de violência doméstica e familiar e solicitaram 20.930 medidas protetivas de urgência.

Crime

Um homem apontado como autor de um estupro ocorrido no Maranhão foi preso, na terça-feira, por policiais da 26ª DP (Todos os Santos), em cumprimento a um mandado de prisão. Ele foi encontrado no bairro Valverde, em Nova Iguaçu.

Segundo as informações, ele e mais quatro comparsas estupraram uma mulher, em 2003, no Maranhão. Para escapar da prisão, ele fugiu para o Rio de Janeiro, e passou a residir no bairro do Méier. Alguns anos depois, o autor se tornou proprietário de estabelecimentos comerciais, principalmente na Baixada Fluminense.

A equipe da 26ª DP vinha monitorando o suspeito e seus estabelecimentos comerciais, e o localizou em um destes endereços, em Nova Iguaçu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *