Polícia investiga secretário de Educação do Rio por suspeita de recebimento de propina

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 24 de julho de 2020 as 14:25, por: CdB

O secretário estadual de Educação, Pedro Fernandes (PSC), está sendo alvo de uma investigação da Polícia Civil, que apura o suposto recebimento de propina em contratos da Fundação Leão XIII, órgão público subordinado ao governo estadual.

Por Redação, com agências de notícias – do Rio de Janeiro

O secretário estadual de Educação, Pedro Fernandes (PSC), está sendo alvo de uma investigação da Polícia Civil, que apura o suposto recebimento de propina em contratos da Fundação Leão XIII, órgão público subordinado ao governo estadual.

O secretário estadual de Educação do Rio de Janeiro, Pedro Fernandes (PSC)
O secretário estadual de Educação do Rio de Janeiro, Pedro Fernandes (PSC)

Segundo a Polícia Civil, o inquérito apura fraudes em serviços realizados entre 2015 e 2018, que totalizaram R$ 66,5 milhões. As fraudes também envolveriam o programa Novo Olhar, que oferece exames de vista e óculos aos alunos da rede estadual de ensino.

As investigações estão sendo conduzidas pelo Núcleo de Investigação de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro da Polícia Civil além do Ministério Público.

Na apuração do esquema, Pedro Fernandes seria chamado de “chefe”, além de ser um dos supostos beneficiários dos recursos desviados. Em 2017, o órgão foi subordinado a Pedro Fernandes, que era secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social.

Em nota, Pedro Fernandes afirmou: “Estou à disposição das autoridades para quaisquer esclarecimentos, como, aliás, sempre estive”, e que não tem “conhecimento de investigação e muito menos do seu conteúdo”.

Tráfico de drogas

Policiais da 60ª DP (Campos Elísios) prenderam em flagrante, na quinta-feira dois homens acusados de trafico e posse ilegal de arma de fogo. Com eles foram aprendidos a arma e 398 papelotes de substancia entorpecente.

De acordo com o delegado Jose Mario salomão de Omena, os autores foram detidos na Rua do Rosário, na localidade conhecida como Beco da Bomba, próximo ao acesso do Morro da Jaqueira.

Os presos foram encaminhados a audiência de custódia.

Medidas protetivas

Policiais da 140ª DP (Natividade) prenderam, na quinta-feira, um homem acusado de descumprimento de medidas protetivas de urgência. Contra ele havia um mandado de prisão preventiva, expedido pela Comarca daquele município.

De acordo com o delegado Henrique Vitor Lobato, titular da unidade, o autor foi localizado e detido em uma fazenda localizada na Rodovia Varre Sai x Guaçuí. Ele não ofereceu resistência durante a sua captura.

O preso foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Policiais da 57ª DP (Nilópolis), prenderam, um homem acusado de homicídio. Contra ele havia um mandado de prisão expedido pela 1ª vara criminal da região, com base em uma investigação da unidade.

De acordo com o delegado José de Moraes Ferreira, o autor foi localizado e detido na Rua Antônio Cardoso Leal , Nova Cidade, e não ofereceu resistência durante a sua captura.

O preso foi encaminhado ao Sistema Penitenciário, onde permanecerá a disposição da Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *