Policiais prendem acusado de falsificação de documento público

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 26 de julho de 2019 as 14:11, por: CdB

Policiais prenderam, nesta sexta-feira, na Ilha de Governador, Carlos Levy Ribeiro Cordeiro, pelo crime de falsificação de documento público e uso de documento falso.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

Policiais da Divisão de Capturas e Polícia Interestadual (DC-POLINTER) prenderam, nesta sexta-feira, na Ilha de Governador, Carlos Levy Ribeiro Cordeiro , em cumprimento a mandado de prisão, expedido 1ª Vara Criminal de Niterói, pelo crime de falsificação de documento público e uso de documento falso.

Policiais prendem acusado de falsificação de documento público e uso de documento falso

Carlos foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da justiça.

Homicídio e roubo

Policiais da 65ª DP (Magé) prenderam, na manhã dessa sexta-feira, quatro pessoas por envolvimento em crimes de homicídio, roubo no interior de coletivo e roubo a pedestre. As prisões ocorreram nas comunidades Fonte, Canal e em outras localidades do município, em mais operação para combater crimes de rua.

Foram presos Flávio de Almeida da Silva Nery, por tentativa de homicídio; Gabriel Berto Silva, também por tentativa de homicídio; Renan Carvalho Rodrigues, por roubo a pedestre; e Roberto Batista Rufino, por roubo no interior de coletivo.

Os acusados foram encaminhados ao sistema prisional.

Triplo homicídio

A Secretaria de Estado de Polícia Civil, por meio da 106ª DP (Itaipava), vem realizando diligências desde a manhã dessa sexta-feira, em conjunto com policiais do 26º BPM (Petrópolis), para cumprir mandados de prisão temporária contra três homens por autoria de um triplo homicídio ocorrido no último dia 20, no bairro Vista Alegra, em Araras.

Luiz Afonso Vieira de Souza, conhecido como Afonsinho ou Foncin, Josué João Chaves dos Santos, conhecido como Dengo, e Denílson Rodrigues de Souza Mello, o Nilson, são considerados foragidos da justiça.

Segundo as investigações, os três homens foram mortos por conta de uma disputa de tráfico de drogas na região. As vítimas eram investigadas por tráfico de drogas e uma delas tinha mandado de prisão por tráfico.

No inquérito para apurar as circunstâncias do caso, a polícia confirmou que no dia do crime houve uma discussão entre traficantes da localidade e, na sequência, os assassinatos.

Televisores de LED

Policiais da 22ª DP (Penha) prenderam quatro pessoas em flagrante e recuperaram nove aparelhos televisores de LED roubados no final da tarde de quinta-feira após uma falsa comunicação de crime referente a um roubo de carga. O grupo estava envolvido na receptação dos eletrônicos.

Naiara Pinto de Souza, uma das integrantes da quadrilha, procurou a 22ª DP (Penha) para registrar uma ocorrência de roubo de carga, informando que havia sido abordada por dois homens em uma moto nas proximidades do Mercado São Sebastião, na Penha, que fugiram levando as TVs.

A investigação da Polícia Civil comprovou que ela estava mentindo e, durante diversas diligências realizadas, outras três pessoas foram presas em flagrante. Outros integrantes da quadrilha estão sendo investigados por receptação de produtos de crime.

Um dos presos, Felipe Araújo da Silva, amigo de Naiara, foi a pessoa que inicialmente receptou todos os aparelhos televisores. Ele é morador de Duque de Caxias e também trabalha em uma empresa de transporte de cargas.

O grupo responderá aos crimes de estelionato, comunicação falsa de crime, associação criminosa e receptação qualificada, cujas penas somadas podem ultrapassar 10 anos de prisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *