Policiais buscam controlar rebelião em centro socioeducativo no Rio de Janeiro

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sábado, 18 de abril de 2020 as 17:18, por: CdB

Policiais militares do 17º Batalhão do Rio de Janeiro e do Batalhão de Choque estão do lado de fora do Centro de Socioeducação Dom Bosco, na Ilha do Governador, para atender a um chamado de rebelião.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

Policiais militares do 17º Batalhão do Rio de Janeiro e do Batalhão de Choque estão do lado de fora do Centro de Socioeducação Dom Bosco, na Ilha do Governador, para atender a um chamado de rebelião. Os policiais chegaram ao local ao meio-dia, na hora em que foram acionados também os bombeiros.

Dois servidores tiveram ferimentos leves e foram levados a um hospital
Dois servidores tiveram ferimentos leves e foram levados a um hospital

O Centro Dom Bosco é uma das unidades do Departamento Geral de Ações socioeducativas (Degase), órgão responsável pela guarda de adolescentes em medidas socioeducativas. Os bombeiros costumam ser chamados nesses casos para prevenção.

Em resposta à Agência Brasil, o Degase informou que o Grupamento de Ações Rápidas, da instituição, e o Batalhão de Choque entraram na unidade do Dom Bosco por volta das 14h.

O Degase

O Degase informou ainda que há um foco de incêndio em um dos pontos da unidade e que dois servidores, levemente feridos, foram levados ao hospital. “Não há informações sobre adolescentes machucados”, acrescentou.

Um helicóptero da Policia Militar sobrevoa o terreno do Centro Dom Bosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *