Policial mata suspeito em tentativa de assalto a ônibus no Rio

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 5 de março de 2018 as 14:53, por: CdB

O homem ferido foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da região

Por Redação, com agências de notícias – do Rio de Janeiro:

Durante uma tentativa de assalto a um coletivo na RJ-106, em Araruama, na região dos Lagos do Rio, um PM em deslocamento para assumir o serviço matou um suspeito e feriu outro , nesta segunda-feira.

O agente atirou contra os bandidos, um deles conseguiu fugir

O homem ferido foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da região.

Segundo a polícia, três homens em um veículo obrigaram o ônibus a parar. Ao anunciarem o assalto, foram surpreendidos pelo policial que estava dentro do coletivo. O agente atirou contra os bandidos. Um deles conseguiu fugir. Duas armas foram apreendidas. A ocorrência foi encaminhada para a delegacia de Araruama (118ª DP).

Forças Armadas

Homens das Forças Armadas fizeram neste sábado uma operação na comunidade de Vila Kennedy, na Zona Oeste da cidade. Segundo o Comando Militar do Leste (CML), a ação visa a desobstruir vias.

Nas favelas do Rio de Janeiro, as quadrilhas armadas; que controlam os territórios costumam colocar barricadas nas vias de acesso; para impedir a passagem de veículos e dificultar a ação da polícia.

A operação de hoje é exclusiva das Forças Armadas e não conta com o apojo da polícia, segundo o CML.

As Forças Armadas fizeram uma grande ação na Vila Kennedy e favelas vizinhas com o apoio da polícia em 23 de fevereiro. Depois dessa ação, os militares voltaram à comunidade duas vezes para retirar barricadas.

Assalto a banco

Terminou com duas pessoas mortas e uma outra ferida um assalto a banco no bairro de Madureira, Zona Norte do Rio, na sexta-feira. O caso teve início pouco antes das 16h, quando foram mobilizados diversos policiais militares, após o registro de tiros dentro da agência.

Foram deslocados para o local o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), o 9º BPM e o Grupamento Aeromóvel (GAM), que fizeram o cerco em torno da agência, isolando o perímetro para permitir a ação dos negociadores.

Durante a ação, um criminoso foi ferido e morreu. Outras duas pessoas foram feridas pelos criminosos, entre elas um policial militar reformado, que foi levado ao Hospital Carlos Chagas, mas não resistiu.

O outro ferido foi medicado e liberado. Por meio da negociação, a PM conseguiu libertar mais de 30 reféns e prender cinco criminosos. Com eles foram apreendidos quatro pistolas e três revólveres.

Operação conjunta

Outra ação policial que ocorreu nesta sexta-feira envolveu a Polícia Civil, efetivos das Forças Armadas e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A ação foi deflagrada ainda de madrugada, no bairro Jardim Catarina, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Nove pessoas foram levadas para a delegacia. Os agentes fizeram a verificação de antecedentes criminais de 430 pessoas e desobstruíram 10 vias. Houve apreensão de uma pistola de uso restrito, quatro carros e duas motos, drogas e munições.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *