Portugal supera mil casos de covid-19 em um dia 

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 8 de outubro de 2020 as 14:19, por: CdB

Portugal registrou nesta quinta-feira mais de mil novos casos de covid-19 pela primeira vez em um único dia desde de abril, e o governo advertiu que o país deve se preparar para a difícil batalha contra o vírus nos próximos dias.

Por Redação, com Sputnik – de Lisboa

Portugal registrou nesta quinta-feira mais de mil novos casos de covid-19 pela primeira vez em um único dia desde de abril, e o governo advertiu que o país deve se preparar para a difícil batalha contra o vírus nos próximos dias.

Portugal registrou mais de mil novos casos de covid-19 pela primeira vez em um único dia
Portugal registrou mais de mil novos casos de covid-19 pela primeira vez em um único dia

– Temos que nos preparar para o que vem aí – disse o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, aos repórteres durante uma visita a um hospital em Braga, no norte do país, segundo o jornal Diário de Notícias.

De acordo com o último boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde, 1,278 novos contágios e dez mortes foram reportados nesta quinta, elevando o número total de casos para 82.534. Este é o segundo dia com maior número de infecções desde o início da pandemia do novo coronavírus no país. Até ao momento, Portugal só tinha ultrapassado os mil casos diários duas vezes: 1.516 em 10 de abril e 1.035 em 31 de março.

Adoção de medidas

Portugal, que tem uma população de pouco mais de 10 milhões de habitantes, recebeu muitos elogios no início da epidemia de covid-19 por sua resposta e pela rápida adoção de medidas, mas, como vem ocorrendo em outros países europeus, vê o número de infecções subir novamente após a temporada de verão.

O país entrou em estado de contingência no dia 15 de setembro e permanecerá nele até a próxima semana, o que significa que as reuniões continuam limitadas a um máximo de 10 pessoas e os estabelecimentos comerciais seguem funcionando em horários restritos.A pandemia promete deixar sequelas duradouras na economia do país, que é extremamente dependente do turismo, e o banco central português prevê uma redução de 8,1% do Produto Interno Bruto (PIB) para este ano.