Positivo Tecnologia compra fabricante de computadores Accep

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 2 de janeiro de 2019 as 10:06, por: CdB

A Accept fabrica e vende servidores e storages, além de produtos como Mini PCs, thin clients e desktops, afirmou a Positivo. A empresa teve faturamento de R$ 81 milhões em 12 meses até o final de setembro do ano passado.

Por Redação, com Reuters – de São Paulo

A Positivo Tecnologia anunciou nesta quarta-feira a compra de 80 %  da fabricante de computadores e equipamentos de armazenamento de dados Accept em uma operação que prevê desembolso de até R$ 51 milhões.

A Positivo Tecnologia anunciou nesta quarta-feira a compra de 80 %  da fabricante de computadores e equipamentos de armazenamento de dados Accept

A Accept fabrica e vende servidores e storages, além de produtos como Mini PCs, thin clients e desktops, afirmou a Positivo. A empresa teve faturamento de R$ 81 milhões em 12 meses até o final de setembro do ano passado. O crescimento médio anual da receita foi de 25 % nos últimos três anos.

– Para a Positivo Tecnologia, a aquisição da Accept representa uma importante diversificação do negócio ao fortalecer o posicionamento da companhia com um portfólio mais abrangente no mercado corporativo, em um período de recuperação da economia e de retomada dos investimentos em infraestrutura no Brasil – afirmou a Positivo em comunicado ao mercado.

O preço da aquisição, realizada por subsidiária da Positivo na Bahia, vai corresponder a até 50 % do lucro antes de imposto de renda e CSLL da Accept apurado anualmente entre 2019 e 2023, limitado a um valor total de R$ 51 milhões.

Dell volta ao mercado de ações

As ações da Dell abriram a US$ 46  na última sexta-feira, dando à companhia de computadores um valor de mercado de US$ 16 bilhões em seu retorno à bolsa de valores, depois da operação em que recomprou papeis vinculados a sua participação na produtora de software VMware no mês de dezembro.

A Dell recomprou as ações por US$ 23,9 bilhões. O acordo, anunciado em julho, permitiu à companhia se tornar uma empresa listada sem fazer uma oferta pública inicial (IPO), operação que provavelmente receberia recepção negativa dos investidores diante da dívida de US$ 52,7 bilhões da companhia.

Às 14h12 (horário de Brasília), as ações da Dell eram negociadas a US$ 44,84.

A empresa fechou capital há seis anos, em uma aquisição de US$ 24,4 bilhões promovida pela empresa de private equity Silver Lake e pela Microsoft. O negócio também foi financiado com dinheiro e ações do fundador e presidente-executivo, Michael Dell.

A Dell detém 17 %  de participação no mercado global de PCs, atrás da rival HP, com 23 %, e da Lenovo, que detém 21 %, segundo dados da Canalys.

A companhia norte-americana teve aumento de 15 % na receita do último trimestre, apoiada em expansão de 11 % na receita de produtos como PCs, notebooks e tablets.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *