Prefeito de Londres se opõe ao reinício da Premier League 

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 13 de maio de 2020 as 13:17, por: CdB

O prefeito de Londres, Sadiq Khan, se opõe à ideia da retomada da Premier League na capital britânica no próximo mês enquanto a pandemia de covid-19 continua causando centenas de mortes no Reino Unido todos os dias.

Por Redação, com Reuters – de Londres/Berlim

O prefeito de Londres, Sadiq Khan, se opõe à ideia da retomada da Premier League na capital britânica no próximo mês enquanto a pandemia de covid-19 continua causando centenas de mortes no Reino Unido todos os dias, disse um porta-voz do gabinete do prefeito.

Partida entre Manchester United e Watford
Partida entre Manchester United e Watford

A possibilidade de recomeço no próximo mês foi impulsionada quando o governo disse que o esporte de elite poderia retornar com portões fechados após 1º de junho.

– Sadiq está extremamente interessado na retomada da Premier League e do esporte profissional em geral – afirmou o porta-voz ao Evening Standard.

– No entanto, com o país ainda enfrentando esta crise e centenas de pessoas morrendo todos os dias, ele acredita que é muito cedo para discutir a retomada da Premier League e do esporte de elite na capital.

Cinco clubes do Campeonato Inglês estão sediados em Londres, incluindo Arsenal, Chelsea e Tottenham Hotspur.

– Como torcedor do Liverpool, Sadiq, é claro, quer que a Premier League retorne – acrescentou o porta-voz. “Mas isso só pode acontecer quando for seguro e não pode sobrecarregar o sistema de saúde e os serviços de emergência.”

O Liverpool

O Liverpool lidera a liga a nove rodadas do final e precisa de apenas seis pontos para selar o título.

Há um protocolo oficial de saúde para o reinício das atividades, os locais de treinamento terão que ser desinfetados a cada treino e os jogadores serão testados duas vezes por semana para o vírus, entre outras determinações.

O Reino Unido é o país mais afetado da Europa, com mais de 32 mil mortes registradas e mais de 223 mil casos confirmados de coronavírus.

Campeonato Alemão

Os olhos do mundo esportivo estarão no Campeonato Alemão neste fim de semana, quando a primeira “grande liga” de futebol irá recomeçar após paralisação devido à covid-19, mas pouco terá mudado em campo, com o Bayern de Munique buscando o oitavo título seguido.

A Liga Alemã de Futebol decidiu na semana passada retomar a primeira e a segunda divisões a partir de 16 de maio, depois de uma suspensão de dois meses. As equipes passaram por um período de isolamento de sete dias após teste para o novo coronavírus.

O líder Bayern inicia a contagem regressiva de nove rodadas em jogo fora de casa contra o Union Berlin no domingo, enquanto o Borussia Dortmund, quatro pontos atrás dos bávaros, enfrenta o Schalke 04 no dia anterior.

– A Bundesliga consegue se tornar a primeira grande liga do mundo a recomeçar – disse o CEO do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge.

“E, com a Bundesliga como a única liga transmitida pela TV, espero que tenhamos um bilhão de espectadores”, afirmou ele à revista SportBild nesta quarta-feira.

Regulamentos rigorosos de saúde determinam que todos os jogos serão disputados em estádios vazios, com apenas cerca de 300 pessoas dentro e ao redor das arenas.

Os jogadores

Os jogadores foram instruídos a não cuspir, não comemorar em grupos ou tocar as mãos de companheiros de equipe, enquanto alguns clubes usam música e cartazes de torcedores para melhorar o clima nas partidas.

A liga quer completar a temporada até 30 de junho por razões contratuais e está ciente do risco de outra suspensão se houver muitos casos positivos de vírus entre os jogadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *