Prefeito de Miami anuncia toque de recolher para combater surto de coronavírus

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 3 de julho de 2020 as 14:59, por: CdB

O prefeito de Miami, Carlos Gimenez, anunciou um toque de recolher na cidade entre 22h e 6h no início do fim de semana do feriado de 4 de julho e cancelou a reabertura do comércio, cassinos e teatros, marcados para sexta-feira.

Por Redação, com Sputnik – de Miami

Com o número de casos de covid-19 na Flórida novamente em ascensão, o prefeito de Miami anunciou toque de recolher na cidade nesta sexta-feira.

Prefeito de Miami anuncia toque de recolher para combater surto de coronavírus na Flórida
Prefeito de Miami anuncia toque de recolher para combater surto de coronavírus na Flórida

O prefeito de Miami, Carlos Gimenez, anunciou um toque de recolher na cidade entre 22h e 6h no início do fim de semana do feriado de 4 de julho e cancelou a reabertura do comércio, cassinos e teatros, marcados para sexta-feira, informou à agência inglesa de notícias Reuters.

– Vamos comemorar o Dia da Independência respeitando o direito uns dos outros à vida, liberdade e felicidade – disse Gimenez em um vídeo, citando a Declaração de Independência dos EUA, adotada no dia 4 de julho de 1776.

Os casos de coronavírus estão aumentando em 37 dos 50 Estados dos EUA, incluindo a Flórida, que registrou 9.488 novos casos na sexta-feira, segundo o departamento de saúde do Estado, depois de mais de 10 mil novos casos no dia anterior.

Maior pico diário da doença

As cifras de quinta-feira apontam o maior pico diário da doença registrado na Flórida até o momento.

No início desta semana, Miami e suas cidades satélites passaram a exigir uso obrigatório de máscaras em locais públicos, como forma de prevenção contra o novo coronavírus.

Quase um quarto das mortes pelo coronavírus no mundo ocorreu nos Estados Unidos, onde quase 129 mil pessoas já foram ao óbito. Os Estados Unidos registraram mais de 55 mil novos casos de covid-19 na quinta-feira, um novo recorde mundial diário para a pandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *