Prefeito de Nova York pinta ‘Black Lives Matter’ em frente à Trump Tower

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 10 de julho de 2020 as 10:06, por: CdB

Bill de Blasio ajuda a pintar o famoso slogan antirracismo em frente ao edifício que abriga a sede das empresas de Trump. Presidente afirmou se tratar de um “símbolo de ódio”, que “denigre a luxuosa Quinta Avenida”.

Por Redação, com DW – de Nova York

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, participou de um ato antirracismo e ajudou a pintar o slogan Black Lives Matter (Vidas negras importam) em frente ao edifício Trump Tower, de propriedade do presidente dos EUA, Donald Trump, na famosa Quinta Avenida.

Bill de Blasio (c.) pinta slogan antirracista na Quinta Avenida, ao lado da esposa e do reverendo Al Sharpton
Bill de Blasio (c.) pinta slogan antirracista na Quinta Avenida, ao lado da esposa e do reverendo Al Sharpton

Enormes letras amarelas

Acompanhado da esposa, Chirlane McCray, e do reverendo Al Sharpton, De Blasio ajudou a pintar no asfalto enormes letras amarelas com a frase que se tornou símbolo da luta contra o racismo e a violência policial.

– Quando dizemos ‘vidas negras importam’, não há declaração mais americana, não há outra mais patriótica, porque não existe América sem a América negra – disse de Blasio. “Reconhecemos a verdade de nós mesmos como norte-americanos ao dizermos ‘vidas negras importam’. Estamos corrigindo um erro”, disse o prefeito.

De Blasio anunciou a decisão de pintar o slogan em frente à Trump Tower no mês passado, depois de dizer que a frase seria pintada em vários locais da cidade.

Trump recorreu ao Twitter para dizer que a pintura iria “denegrir a luxuosa avenida” com um “símbolo de ódio”, além de “antagonizar ainda mais” a elite de Nova York. De Blasio retrucou na rede social, afirmando que o Black Lives Matter é um movimento para “reconhecer e proteger as vidas das pessoas negras”.

Trump Tower

A Trump Tower era residência do presidente antes de ele assumir o cargo na Casa Branca. No ano passado, ele mudou seu endereço para a Flórida, enquanto o edifício em Nova York permanece sendo a sede de suas empresas.

Washington foi a primeira cidade americana onde a frase com gigantescas letras amarelas foi pintada, com o apoio da prefeita Muriel Bowser, em uma rua que leva à Casa Branca. Ela disse que o objetivo da ação era demonstrar solidariedade com os norte-americanos indignados  com a morte de George Floyd , homem negro morto numa ação policial em Minneapolis, no fim de maio. Desde então, várias cidades do país tiveram o slogan pintado em ruas ou avenidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *