Prefeito do Rio pede desculpas por declarações sobre juíza

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 7 de outubro de 2019 as 13:36, por: CdB

O Tribunal de Justiça do Rio criticou os comentários do prefeito, que disse que a juíza “Tem uma beleza de parar o trânsito, mas não precisa praticar, né pessoal?”

Por Redação, com agências de notícias – do Rio de Janeiro

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, pediu nesta segunda-feira desculpas pelos comentários feitos na semana passada sobre a juíza Mirela Erbisti, que determinou a interdição da Avenida Niemeyer.  De acordo com o prefeito, sua intenção não era ofender ninguém.

Prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella
Prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella

– O prefeito tem todo o respeito pela magistratura. Se, por acaso, em algum momento o espírito carioca, é, o espírito carioca, a gente fez algum gracejo, então quero aqui me redimir e dizer que a juíza me desculpe – afirma Crivella que, imediatamente depois, voltou a fazer um novo apelo para que a magistrada reconsidere sua decisão e reabra a Niemeyer.

– Que a gente abra a Avenida Niemeyer porque, afinal de contas, são 36 mil automóveis que estão entupindo e já fazem mais de 100 dias. Aquilo que dizíamos se cumpriu: não houve deslizamento. Aliás, nunca houve, nos 50 anos da Geo-Rio, um episódio de deslizamento em dia de sol com céu azul. E o que pedimos (foi) para abrir a Niemeyer em dia de sol com céu azul. Então faço esse apelo aqui pedindo desculpas, escusas se por acaso fui deselegante ou descortês.

Deslizamento de terra

A juíza decidiu interromper o trânsito na via em maio desse ano após um novo deslizamento de terra na pista, quase três meses depois da morte de duas pessoas.

O Tribunal de Justiça do Rio criticou os comentários do prefeito, que disse que a juíza “Tem uma beleza de parar o trânsito, mas não precisa praticar, né pessoal?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *