Presença de Neymar em confronto com Manchester United é ‘muito difícil’, diz Thomas Tuchel

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 28 de janeiro de 2019 as 11:38, por: CdB

O jogador sofreu uma fratura no metatarso do pé direito no jogo contra o Strasbourg pela Copa da França na semana passada, e o time confirmou se tratar de uma recorrência da lesão que ameaçou sua participação na Copa do Mundo no ano passado.

Por Redação, com Reuters – de Paris/Londres/Madri

O técnico do Paris Saint-Germain, Thomas Tuchel, admitiu que será “muito difícil” o atacante Neymar recuperar a forma a tempo para o confronto com o Manchester United pela Liga dos Campeões no mês que vem.

O atacante Neymar

O jogador sofreu uma fratura no metatarso do pé direito no jogo contra o Strasbourg pela Copa da França na semana passada, e o time confirmou se tratar de uma recorrência da lesão que ameaçou sua participação na Copa do Mundo no ano passado.

– Será muito difícil – disse o treinador alemão ao Canal Plus após a vitória de 4 a 1 do PSG sobre o Stade Rennais, pela liga francesa, no domingo. “É cedo demais para falar sobre uma data de retorno possível”.

– Para começar, devemos esperar no mínimo uma semana, este período e sua reação ao tratamento serão importantes. Só então podemos ser mais precisos. Dito isso, não é segredo, será muito difícil.

O PSG visita o estádio de Old Trafford na partida de ida de seu embate de oitavas de final contra o Manchester United em 12 de fevereiro, e sedia a partida de volta no dia 6 de março.

Manchester United não está “satisfeito”

O fato de o Manchester United estar invicto sob o comando do técnico interino Ole Gunnar Solskjaer renovou as esperanças do time, mas ainda assim se classificar para a Liga dos Campeões da próxima temporada será uma missão “difícil”, disse o goleiro David De Gea.

O United, sexto colocado, venceu as seis partidas do Campeonato Inglês que disputou desde que o norueguês Solskjaer substituiu José Mourinho e diminuiu a distância que o separava do quarto colocado Chelsea de 11 para 3 pontos, mas ainda está 16 pontos atrás do líder Liverpool, que soma 60 pontos.

– Estamos felizes com as vitórias, mas não estamos satisfeitos com a situação em geral. Este é um clube que deveria estar disputando o título – afirmou De Gea à Sky Sports.

– Queremos voltar às vagas da Liga dos Campeões, o que será um objetivo difícil, mas conseguimos reduzir o déficit de pontos consideravelmente.

Depois de avançar à quinta rodada da Copa da Inglaterra eliminando o Arsenal, o Man United receberá o Burnley na terça-feira para uma partida da liga inglesa, e De Gea está receoso dos oponentes, que conseguiram 10 pontos em seus quatro últimos jogos.

– Eles têm uma sequência de bons resultados, mas estamos jogando em casa, e também estamos em uma boa fase, então estamos plenamente confiantes na conquista dos três pontos – acrescentou o espanhol.

– Eles são perigosos, e conhecemos o tipo de estilo que usarão contra nós. Eles gostam de pressionar com bolas longas, e são muito perigosos em jogadas ensaiadas.

O United derrotou o Burnley pela última vez em casa em 2015, e os visitantes empataram nas duas últimas partidas da liga em Old Trafford.

Messi

O atacante argentino Lionel Messi marcou pela sexta vez consecutiva em um jogo do Campeonato Espanhol na vitória do Barcelona no duelo catalão contra o Girona por 2 a 0, no domingo, mantendo a liderança com cinco pontos de vantagem.

O lateral português Nelson Semedo marcou de pé esquerdo abrindo o placar para o Barça aos 9 minutos de jogo, disputado na chuva no estádio Montilivi, do Girona, após o fracasso do ambicioso plano da liga espanhola de promover o jogo em Miami.

O Girona perdeu duas chances de empatar após o intervalo, com o defensor do Barcelona Gerard Piqué tirando uma bola em cima da linha, e com uma defesa do goleiro Marc-Andre ter Stegen com os pés após finalização do atacante Cristhian Stuani.

O Girona ainda teve o defensor Bernardo Espinosa expulso aos 6 minutos do segundo tempo após um segundo amarelo, e a esperança de voltar para o jogo foi encerrada após uma finalização certeira de Messi, o artilheiro da liga, que encobriu o goleiro Bono aos 23 minutos para anotar seu 18º gol na temporada.

Com o gol, Messi agora marcou em todos os campos nos quais já jogou no Campeonato Espanhol. O argentino ainda visitará o Huesca mais adiante na campanha.

O Barça lidera a competição com 49 pontos após 21 jogos, com uma vantagem de cinco pontos sobre o Atletico de Madri.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *