Presidenciáveis democratas enfrentam segundo teste em New Hampshire

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 11 de fevereiro de 2020 as 11:35, por: CdB

Para os outros concorrentes, New Hampshire oferece uma segunda chance de fortalecer suas campanhas após o caucus da semana passada no Iowa.

Por Redação, com Reuters – de Washington

Bernie Sanders e Pete Buttigieg pretendem capitalizar seu bom momento nesta terça-feira, quando os democratas do Estado norte-americano de New Hampshire foram às urnas para uma primária intensamente disputada que pode desestabilizar ainda mais a corrida presidencial do partido.

Eleitores votam em promárias do Partido Democrata dos EUA em Manchester, no Estado norte-americano de New Hampshire
Eleitores votam em promárias do Partido Democrata dos EUA em Manchester, no Estado norte-americano de New Hampshire

Para os outros concorrentes, New Hampshire oferece uma segunda chance de fortalecer suas campanhas após o caucus da semana passada no Iowa, onde problemas técnicos atrasaram a divulgação dos resultados durante dias. Buttigieg e Sanders lideraram entre os pré-candidatos.

A senadora Amy Klobuchar, que apareceu em terceiro lugar nas pesquisas de opinião de New Hampshire após o debate de sexta-feira, o também moderado Joe Biden e a senadora progressista Elizabeth Warren completam o grupo dos mais bem colocados nesta terça-feira, quando os eleitores estudam se escolhem um progressista ou um moderado para desafiar o presidente republicano Donald Trump na eleição de novembro.

Entrou no páreo

A cédula estadual terá uma lista de 33 nomes, incluindo postulantes que desistiram semanas atrás, mas não incluirá o ex-prefeito de Nova York Michael Bloomberg, bilionário que entrou no páreo mais tarde e enfrentará seu primeiro teste eleitoral no início do mês que vem.

O papel destacado de Iowa e New Hampshire, Estados pequenos e rurais com populações predominantemente brancas, passou a ser mais questionado pelos democratas neste ano por ser pouco representativo da diversidade do partido e do país.

O caucus de 22 de fevereiro em Nevada, que tem uma grande população latina, e a primária de 29 de fevereiro na Carolina do Sul, que tem uma grande população afro-norte-americana, serão testes adicionais para os 11 pré-candidatos remanescentes.

Biden, em particular, está apostando na Carolina do Sul, onde desfruta de grande apoio dos eleitores afro-norte-americanos. Ele foi vice-presidente de Barack Obama, o primeiro presidente negro dos Estados Unidos.

O apoio de Biden, que já liderou a corrida democrata, despencou nacionalmente depois que ele ficou em quarto lugar no Iowa, e ele mesmo disse que pode ter outro resultado ruim em New Hampshire.

Partido Democrata de New Hampshire

Ray Buckley, presidente do Partido Democrata de New Hampshire, disse aos repórteres na segunda-feira que a disputa está indefinida e que um número grande de eleitores continua indeciso.

Dois deles, Bill e Paula Petrone, que são donos de uma pousada, disseram que viram Buttigieg no domingo e Warren e Klobuchar no dia seguinte na esperança de que isso os ajudasse a se decidir, o que ainda não havia acontecido até a tarde de segunda-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *