Prévia de ocupação hoteleira na capital e interior traz números animadores

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 14 de dezembro de 2020 as 14:04, por: CdB

Cerca de 58% dos quartos de hotéis da capital já estão reservados para o Réveillon, com Centro (67%), Copacabana e Leme (ambos com 63%) se destacando como os bairros mais procurados. Os números foram divulgados pelo Sindicato dos Meios de Hospedagens do Município – Hotéis Rio.

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

Cerca de 58% dos quartos de hotéis da capital já estão reservados para o Réveillon, com Centro (67%), Copacabana e Leme (ambos com 63%) se destacando como os bairros mais procurados. Os números foram divulgados pelo Sindicato dos Meios de Hospedagens do Município – Hotéis Rio.

Cerca de 58% dos quartos de hotéis da capital já estão reservados para o Réveillon
Cerca de 58% dos quartos de hotéis da capital já estão reservados para o Réveillon

Os hotéis seguem rígidos protocolos de prevenção para receber os turistas. A procura aquecida para o interior mostra um retrato do público deste Réveillon: um turismo rodoviário com perfil familiar, vindos prioritariamente do próprio Rio de Janeiro ou de estados vizinhos, como São Paulo e Minas Gerais.

– É inviável, neste momento, a realização do Réveillon tradicional não só na Capital, como também nas cidades do interior. No entanto, os hotéis são uma ótima opção para quem quer aproveitar a data sem aglomeração, num ambiente que oferece estrutura adequada para garantir não apenas o distanciamento social, como também as demais regras de segurança sanitária. Ao mesmo tempo, garante ao turista uma passagem de ano em um local especial, com infraestrutura e os cenários que só o estado do Rio pode proporcionar – afirmou o secretário de Estado de Turismo, Gustavo Tutuca.

O levantamento também aponta grande procura por hotéis do interior. Segundo a Associação de Hotéis do Estado (ABIH-RJ), a ocupação é de 81% na média acumulada fora da capital. Angra dos Reis (92%), Itatiaia/Penedo (90%) [foto] e Arraial do Cabo (90%) lideram na preferência dos turistas.

Pet Friendly

Os donos de animais de estimação receberão ajuda do Governo do Estado para encontrar estabelecimentos que não só os recebam com seus pets, mas que estejam preparados para isso. Este é o motivo para a criação do selo “Amigo Pet / Pet Friendly”, que foi lançado no começo de dezembro pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, responsável pela Subsecretaria de Proteção e Bem-Estar Animal (RJPET). O setor hoteleiro será o primeiro a receber a certificação, e a ideia é expandir a iniciativa para vários outros serviços, como bares e restaurantes.