PRF apreende mais de 700 kg de maconha no Rio

Arquivado em: Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 26 de julho de 2018 as 12:36, por: CdB

Segundo a PRF, os agentes abordaram um caminhão e fizeram uma revista detalhada do veículo quando notaram que o motorista e o passageiro ficaram muito nervosos com a presença da polícia

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro:

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu um carregamento de 720 quilos de maconha que estava sendo transportado por um caminhão na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), em Seropédica, na Baixada Fluminense do Rio. Três homens foram presos suspeitos de tráfico de entorpecentes.

PRF apreende 720 kg de maconha na Baixada Fluminense | Rio de Janeiro

Segundo a PRF, os agentes abordaram um caminhão e fizeram uma revista detalhada do veículo quando notaram que o motorista e o passageiro ficaram muito nervosos com a presença da polícia.

O terceiro homem preso seguia viagem de carro, logo atrás do caminhão, fazendo a escolta da droga. Ele seria o “batedor” da mercadoria.

Ainda segundo a PRF, a apreensão foi feita durante uma operação que visava coibir o tráfico de drogas na região, principalmente na altura do pedágio de Seropédica.  A ação também contou com o apoio da Polícia Federal.

Operação contra o tráfico na Zona Sul

Uma grande operação contra o tráfico de drogas realizada na quarta-feira nas comunidades da Rocinha e Vidigal, na Zona Sul do Rio de Janeiro, terminou com apenas um homem detido e três morteiros apreendidos. Os morteiros são usados por olheiros do tráfico para alertar sobre a presença da polícia na favela.

A operação começou pela manhã com equipes do Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar e foi reforçada, à tarde, por quase mil militares das Forças Armadas, com apoio de carros blindados e aeronaves.

A ação, que ocorreu no contexto das medidas implementadas pela intervenção federal na segurança pública do estado, se estendeu também aos morros Pavão-Pavãozinho e Cantagalo, também na zona sul. As tropas do Exército distribuíram folhetos impressos solicitando a colaboração da população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *