Primeira dose da vacina contra covid-19 permanece suspensa no Rio

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 26 de julho de 2021 as 10:42, por: CdB

Permanece suspensa a aplicação da primeira dose da vacina contra a covid-19 na cidade do Rio de Janeiro. Segundo a prefeitura, a suspensão, que começou na última sexta-feira, ocorreu devido à falta de estoques do imunizante.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

Permanece suspensa a aplicação da primeira dose da vacina contra a covid-19 na cidade do Rio de Janeiro. Segundo a prefeitura, a suspensão, que começou na última sexta-feira, ocorreu devido à falta de estoques do imunizante.

Capital do Estado tem imunizante apenas para a segunda dose

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que “a vacinação será retomada assim que o Ministério da Saúde enviar nova remessa de vacinas”. Por enquanto, os postos continuam atendendo pessoas agendadas para tomar a segunda dose, conforme a data marcada.

Segundo a secretaria, as 76.340 doses do imunizante da AstraZeneca retiradas na central de distribuição do Estado no sábado já estavam reservadas para a segunda dose.

Versão do ministério

Por meio de nota, o Ministério da Saúde informou que vai distribuir 10,2 milhões de doses da vacina contra a covid-19 para os estados e o Distrito Federal “nos próximos dias”.

“Na última semana, 8,7 milhões de doses dos imunizantes chegaram às unidades da federação. Ao todo, mais de 164,4 milhões de doses já foram enviadas pelo Ministério da Saúde para imunização da população brasileira em todo o país”, informou a pasta.

A previsão para esta semana, segundo o calendário divulgado pela prefeitura do Rio de Janeiro no dia 15, é que receberiam a primeira dose pessoas de 34 e 33 anos.

A vacinação seguiria em agosto com escalonamento apenas por idade, até o dia 18, quando seriam imunizados quem tem 18 anos. Já os adolescentes começariam a receber a primeira dose no dia 23 de agosto, com as meninas de 17 anos.

 Japeri

A cidade de Japeri, no estado do Rio de Janeiro, começou nesta segunda-feira a vacinação de pessoas com 18 anos ou mais. É o primeiro município da Baixada Fluminense a incluir esta faixa de idade na campanha de imunização contra a covid-19. A Secretaria Municipal de Saúde mobilizou sete postos, que funcionarão até a próxima sexta-feira, das 9h às 16h.

Além desse público-alvo, continua a vacinação em idosos, trabalhadores do setor industrial, caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros, metroviário, ferroviário, escolar, transporte aéreo e aquaviários; taxistas e motoristas de aplicativos, pessoas em situação de rua; trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos; gestantes e puérperas com autorização médica; lactantes, independentemente da idade do bebê; pessoas com comorbidade ou deficiência permanente acima de 18 anos; profissionais de saúde e educação acima de 18 anos; forças de segurança e salvamento, forças armadas e trabalhadores portuários e de indústrias.

As pessoas desses grupos precisam comprovar a categoria na hora que forem se vacinar, seja a de trabalho ou a de doença. Pelos dados da noite da última sexta-feira, Japeri tinha vacinado 46% da população adulta com pelo menos a primeira dose.

Quem for se vacinar em um dos sete postos espalhados pela cidade tem que levar a identidade, Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência no próprio nome, mas quem não tiver poderá apresentar o comprovante no nome dos pais ou cônjuge, desde que comprove o parentesco. Se não puder comprovar dessa maneira, a prefeitura pede que a pessoa procure a Fundação Leão XIII.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code