Primeiro satélite integralmente brasileiro, em órbita, cobre a Amazônia Legal

Arquivado em: Destaque do Dia, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado domingo, 28 de fevereiro de 2021 as 19:33, por: CdB

O lançamento durou cerca de 17 minutos e foi acompanhado pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes. O satélite está situado em uma altitude média de 752 quilômetros acima da superfície terrestre.

Por Redação – de Brasília

O Amazônia 1, primeiro satélite completamente brasileiro, foi lançado ao espaço na madrugada deste domingo (28). O lançamento ocorreu às 1h54 (horário de Brasília) e no Centro de Lançamento Sriharikota, na Índia.

O Amazônia 1 foi projetado e construído, integralmente, em território nacional

O lançamento durou cerca de 17 minutos e foi acompanhado pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes.

“Sem imprevistos, a operação foi um sucesso e o primeiro satélite de observação da Terra totalmente projetado, integrado, testado e operado pelo Brasil, já está no espaço”, disse uma nota da pasta.

Alcântara

O satélite está situado em uma altitude média de 752 quilômetros acima da superfície terrestre. Ao final do lançamento bem-sucedido, o ministro Pontes comentou a importância da missão para o Brasil.

— O satélite será fundamental para o monitoramento da Amazônia e outros biomas no Brasil, além de inaugurar uma nova era para a indústria brasileira de satélites — afirmou

O satélite foi desenvolvido Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em São José dos Campos, interior de São Paulo, e levado em 22 de dezembro para a Índia para ser lançado.

O Amazônia 1 vai mandar o sinal para três estações de monitoramento no Brasil: uma em Cuiabá (MT), a outra em Alcântara (MA) e a terceira em Cachoeira Paulista (SP).