Príncipe herdeiro saudita diz que Israel tem direito de existir

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 3 de abril de 2018 as 11:09, por: CdB

Declaração dada a revista americana indica aproximação dos dois países, há décadas inimigos na região, mas que agora veem crescente influência do Irã como ameaça comum

Por Redação, com DW – de Jerusalém:

O príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, disse que os israelenses têm o direito de viver pacificamente em sua própria terra. A declaração foi dada durante uma entrevista publicada na segunda-feira pela revista norte-americana The Atlantic e é mais um sinal de que os laços entre Riad e Tel Aviv aparentam estar mais próximos.

O príncipe herdeiro Mohammed bin Salman, que vem fazendo esforços para melhorar a imagem do seu país no exterior

Questionado se acredita que o povo judeu tem o direito a um Estado-nação em ao menos parte de sua terra ancestral, Bin Salman disse; segundo a revista: “Acredito que palestinos e israelenses têm direito a suas próprias terras. Mas nós temos que chegar a um acordo pacífico para garantir a estabilidade; para todos e para termos relações normais.”

Arábia Saudita

A Arábia Saudita, berço do islã e lar de seus locais mais sagrados; não reconhece Israel. O país tem afirmado há décadas que a normalização de relações depende da retirada dos israelenses de terras árabes; capturadas nas sucessivas guerras travadas na região, territórios; que palestinos buscam para um futuro Estado.

– Nós temos preocupações religiosas quanto ao destino da mesquita sagrada em Jerusalém; e aos direitos do povo palestino. Isso é o que nós temos. Nós não temos nenhuma objeção contra qualquer outro povo – disse o príncipe; que está viajando pelos EUA para angariar investimentos e apoio a seus esforços para conter a influência iraniana.

Adolf Hitler

Na mesma entrevista, o príncipe também atacou os iranianos e comparou o líder supremo do Irã, Ali Khamenei; com o ditador nazista Adolf Hitler. 

– Ao lado do líder supremo do Irão, Hitler parece bom. Hitler não fez o que o líder supremo está tentando fazer. Hitler tentou conquistar a Europa. O líder supremo está tentando conquistar o mundo – disse. 

Uma tensão crescente entre Teerã e Riad tem alimentado especulações de; que interesses comuns podem fazer com que Arábia Saudita e Israel trabalhem juntos novamente contra o que veem como uma ameaça iraniana.

– Israel é uma grande economia, comparada com a dimensão do país, e é uma economia em crescimento. É normal que haja uma porção de interesses que compartilhamos com Israel. Caso haja paz, haverá muitos interesses entre Israel e os países do Conselho de Cooperação do Golfo – acrescentou.

A Arábia Saudita abriu seu espaço aéreo no mês passado pela primeira vez para um voo comercial; com destino a Israel, gesto que foi saudado pelo governo israelense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *