Procuradora condenada por torturar criança é presa no Rio de Janeiro

Arquivado em: Destaque do Dia, Polícia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 17 de janeiro de 2019 as 12:35, por: CdB

Em 2014, ela foi solta por decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), mas voltou a ter sua prisão, em regime semiaberto, decretada em 2016, pela Justiça Fluminense.

Por Redação, com ABr e ACS – do Rio de Janeiro

Policiais civis cumpriram nesta quinta-feira dois mandados de prisão contra a procuradora aposentada Vera Lúcia de Sant’anna Gomes pelo crime de tortura de uma criança de dois anos de idade, em 2010. A vítima era uma menina da qual a procuradora tinha a guarda provisória e que tentava adotar.

Policiais civis cumpriram nesta quinta-feira dois mandados de prisão contra a procuradora aposentada Vera Lúcia de Sant’anna Gomes

A procuradora foi condenada pela Justiça do Rio de Janeiro e presa naquele mesmo ano. Em 2014, ela foi solta por decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), mas voltou a ter sua prisão, em regime semiaberto, decretada em 2016, pela Justiça Fluminense.

Desde então, ela era considerada foragida. Depois da prisão desta quinta-feira, segundo a Polícia Civil, Vera Lúcia passou mal quando era encaminhada à Cidade da Polícia, na zona norte da cidade. Ela foi levada para o Hospital Copa D’Or, na Zona Sul da cidade, onde está sob custódia de policiais da Divisão de Capturas e Polícia Interestadual (DC-Polinter).

Fiscalização

O Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) realizou, na quarta-feira , a fiscalização simultânea em 15 terminais do Estado do Rio de Janeiro. O objetivo foi verificar as condições dos serviços prestados pelas empresas de ônibus da frota regular. Como resultado, os fiscais aplicaram 138 multas e apreenderam 69 coletivos.

As principais irregularidades flagradas foram: mau estado de conservação, documentação irregular, descumprimento de horário, questões referentes à acessibilidade, falta de selo de vistoria, entre outros.

– Essas ações serão intensificadas. Nosso objetivo é assegurar a segurança e a qualidade no transporte intermunicipal de passageiros por ônibus. Vamos coibir fortemente as irregularidades. Essa é a orientação do governo e estamos determinados a cumpri-la em prol da população fluminense – afirmou o presidente do Detro, Cleber Ribeiro Afonso.

As equipes estiveram nos seguintes terminais: Novo Rio, Alvorada, Campo Grande, João Goulart (Niterói), Shopping Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Itaguaí, Petrópolis, Vassouras, Cabo Frio, Itaperuna, Campos, Volta Redonda, Barra Mansa e Resende.

O Detro realiza fiscalizações regularmente nos ônibus intermunicipais em todo estado. Este ano, 197 multas já foram aplicadas e 68 coletivos, apreendidos. Além das operações de inteligência, as ações são norteadas pelas denúncias recebidas pela Ouvidoria. Os cidadãos podem encaminhar suas demandas por telefone (21) 3883-4141, e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp Fale Detro (21 – 98596-8545).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *