Programa Bairro Seguro começará a policiar o Alto da Boa Vista

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 16 de julho de 2021 as 14:16, por: CdB

O governador Cláudio Castro anunciou, que o Alto da Boa Vista vai receber o Bairro Seguro, programa de policiamento que funciona durante 24 horas com policiais militares capacitados que trabalham mais próximos da população.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

O governador Cláudio Castro anunciou, na quinta-feira, que o Alto da Boa Vista vai receber o Bairro Seguro, programa de policiamento que funciona durante 24 horas com policiais militares capacitados que trabalham mais próximos da população. O anúncio foi feito no 6º Batalhão de Polícia Militar (Tijuca), onde o governador também inaugurou uma moderna central de monitoramento.
O Bairro Seguro no Alto da Boa Vista é uma reivindicação dos ciclistas

– O Bairro Seguro é um programa que tem apenas um mês e que já apresenta um sucesso ímpar, com mais de três mil ações, índices de criminalidades despencando e a população elogiando – disse o governador Cláudio Castro.

O Bairro Seguro no Alto da Boa Vista é uma reivindicação dos ciclistas que circulam na região, que fica no Maciço da Tijuca, e atrai muitos visitantes em pontos turísticos como a Estrada das Paineiras, acesso ao Cristo Redentor, e a Vista Chinesa.
Nesse primeiro mês de atuação em 29 locais, os policiais militares do programa Bairro Seguro registraram 3.024 visitas a estabelecimentos comerciais, 518 visitas domiciliares, 206 ações sociais, além de sete prisões de criminosos e cinco armas apreendidas.
Outro dado relevante demonstrado pelos números é a atuação das equipes 24 horas. Os registros refletem a distribuição das atividades dos policiais ao longo do dia: 46,3% no período da manhã e à tarde, e 53,7% das atividades do Programa Bairro Seguro na faixa horária da noite e madrugada
.
As áreas já contempladas pelo Bairro Seguro são: Urca, Cachambi, Cascadura/Quintino, Oswaldo Cruz/Campinho, Itaipuaçu, Sulacap, Realengo, Padre Miguel, Bangu, Magalhães Bastos/Mallet,  Penha, Olaria, Jardim Guanabara, Portuguesa, Abelardo Bueno,  Leme, Ramos, São Conrado, Barra, Américas, Marapendi,  Vargem Pequena, Vargem Grande, Itanhangá, Campo Grande I, Campo Grande II, Pavuna e Vila da Penha.

Central de monitoramento ajudará PMs no combate ao crime nas ruas

Com a instalação da nova central de monitoramento na sala de operações do 6º BPM, a região da Tijuca ganhará uma nova e importante ferramenta tecnológica voltada para a segurança pública.
O sistema possibilitará uma espécie de cinturão de policiamento na área do batalhão, com câmeras instaladas em vias públicas. Os operadores irão auxiliar os policiais militares que estão nas ruas a localizar carros roubados e no alerta à circulação de criminosos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code