Projeto Esporte RJ beneficia mais de 20 mil pessoas 

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 28 de novembro de 2018 as 14:10, por: CdB

O projeto Esporte RJ teve início em maio de 2016 e é operacionalizado, atualmente, pelas Organizações Sociais Solazer, Clube dos Excepcionais e Espaço Cidadania e Oportunidades Sociais (Ecos).

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

Atuando com 184 núcleos, distribuídos em 40 municípios fluminenses, o projeto Esporte RJ, da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, já alcançou a marca de cerca de 20 mil pessoas atendidas. A iniciativa oferece, gratuitamente, atividades como Basquete, Futebol, Futsal, Vôlei, Judô, Jiu-jítsu, Wrestling (luta livre), Karatê, Tae Bo (aula que mistura ginástica com movimentos de artes marciais), Muay thai, Capoeira, Balé e Ginástica Artística.

Ao todo, Estado do Rio de Janeiro tem mais de 184 núcleos

– Acreditamos que esta é uma importante ferramenta de transformação social. Saber que 20 mil fluminenses já foram assistidos é gratificante e nos dá a certeza de que estamos no caminho certo – disse o subsecretario-adjunto de Programas Sócioesportivos, da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, Joffre Zaluski.

Segundo o subsecretário, o programa Esporte RJ costuma transformar vidas e descobrir vocações. Uma atleta do Núcleo de Três Rios, por exemplo, foi convidada a fazer parte do plantel do time Volta Redonda, que disputará o Campeonato Estadual de Futebol.

– Esse é um bom exemplo do benefício que o projeto traz para os atletas. A atuação da jovem Ana Julia Felix, de 18 anos, moradora de Paraíba do Sul, chamou a atenção do time profissional – afirmou o subsecretário.

Atividade e lazer

O projeto Esporte RJ teve início em maio de 2016 e é operacionalizado, atualmente, pelas Organizações Sociais Solazer, Clube dos Excepcionais e Espaço Cidadania e Oportunidades Sociais (Ecos). A iniciativa conta com um professor e dois apoios, que ministram aulas de esporte, lazer e atividades físicas, com uma carga horária de 14 horas ou 28 horas semanais.

Não há restrição de idade para participar das atividades. O importante é apresentar atestado médico atualizado, que comprove a liberação para a prática de atividades físicas.

Os documentos necessários são certidão de nascimento, RG e CPF do responsável legal (cópias), declaração escolar (atualizada) e comprovante de residência.

Maiores de 18 anos precisam apresentar a carteira de identidade e CPF, declaração escolar (atualizada) e comprovante de residência.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *