Projeto Vivência Olímpica retorna e levará 12 atletas a Paris

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado sábado, 6 de julho de 2024 as 13:24, por: CdB

Esses atletas estarão na capital francesa a partir de 27 de julho, dia seguinte à cerimônia de abertura dos jogos. Além de acompanhar as competições, eles participarão de palestras com nomes importantes do esporte e vão conhecer a vila olímpica e as instalações do Time Brasil em Paris.

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

Depois de não ocorrer na Olimpíada de Tóquio, por causa da pandemia, o projeto Vivência Olímpica, do Comitê Olímpico do Brasil (COB), está de volta para os Jogos de Paris. A instituição anunciou neste sábado os 12 jovens atletas participantes que poderão desfrutar do evento de forma mais próxima.

COB anuncia seis homens e seis mulheres como participantes em 2024

São seis homens e seis mulheres: Ryan Kainalo, do surfe, Taiane Justino, do levantamento de peso, Lucas Fonseca, da vela, Celine Bispo, da natação, Matheus Melecchi, da maratona aquática, Pedro Oliveira, do vôlei de praia, Rebeca Lima, do boxe, Thiago Resende, do atletismo, Yuri Guimarães, da ginástica artística, Júlia Kudiess, do vôlei, Kaillany Cardoso, do judô, e Isabelle Estevez, do tiro com arco.

Esses atletas estarão na capital francesa a partir de 27 de julho, dia seguinte à cerimônia de abertura dos jogos. Além de acompanhar as competições, eles participarão de palestras com nomes importantes do esporte e vão conhecer a vila olímpica e as instalações do Time Brasil em Paris. O grupo será dividido em duas turmas. Cada uma ficará uma semana por lá: a primeira até 1º de agosto e a segunda, de 2 a 7 de agosto.

O projeto

Iniciado em Londres 2012, o projeto já teve como participantes atletas que vieram a se tornar medalhistas olímpicos posteriormente, como Rebeca Andrade, da ginástica artística, Martine Grael, da vela, Isaquias Queiroz, da canoagem velocidade, e Beatriz Ferreira, do boxe.

Os atletas selecionados tiveram que atender alguns critérios de desempenho, até o momento, na carreira e são vistos como potenciais classificados aos Jogos de Los Angeles, em 2028, e Brisbane, em 2032.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *