PSOL fecha um programa de 12 pontos para apoiar candidatura Lula

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 27 de abril de 2022 as 16:16, por: CdB

“PSOL e PT chegam a acordo em 12 pontos para o Programa Lula 2022! Após dois meses de debate, texto prevê revogação do Teto de Gastos e da Reforma Trabalhista e uma série de agendas populares”, escreveu o professor Guilherme Boulos, líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), no Twitter.

Por Redação – de São Paulo

Após a reunião entre as respectivas direções nacionais, PT e PSOL encaminharam nesta quarta-feira um acordo para apoio unificado à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O encontro avançou na formatação de 12 pautas na composição do programa de governo (leia abaixo). O acordo inclui bandeiras como revogação da reforma trabalhista e do teto de gastos, direitos das mulheres, luta antirracista, enfrentamento das emergências climáticas e outras.

PT e PSOL
Líderes do PT e do PSOL assinam o documento com pontos acordados para depois da vitória nas urnas

“PSOL e PT chegam a acordo em 12 pontos para o Programa Lula 2022! Após dois meses de debate, texto prevê revogação do Teto de Gastos e da Reforma Trabalhista e uma série de agendas populares”, escreveu Guilherme Boulos no Twitter.

“Entre os pontos está uma Reforma Tributária progressiva, com taxação dos super-ricos; uma Agenda Ambiental ousada, com transição energética e desmatamento zero; e criação de mecanismos de democracia direta e participativa. Vamos juntos: derrotar Bolsonaro e reconstruir o Brasil”, acrescentou.

Acordo

O acordo firmado entre lideranças das legendas deve agora ser submetido à apreciação pela conferência do PSOL, que será realizada no próximo sábado. Além de Boulos, participaram do encontro a presidenta nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), e o ex-ministro Aloizio Mercadante. Pelo PSOL estiveram também o presidente nacional do partido, Juliano Medeiros, e a deputada federal Talíria Petrone (RJ). PT e PSOL conversarão ainda sobre incluir a revogação da reforma da Previdência ao plano de um eventual governo Lula.

Entre os 12 pontos acordados estão a “revogação das medidas implementadas após o golpe de 2016” e o “enfrentamento à crise climática”; além de uma reforma tributária.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code