PT diz que movimentos contra expulsão de Heloísa Helena não darão certo

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado terça-feira, 2 de dezembro de 2003 as 16:20, por: CdB

A mobilização para tentar convencer o PT a não expulsar a senadora Heloísa Helena (AL), por ter votado contra a reforma da Previdência, não deve ter efeito, segundo avaliação do presidente nacional do partido, José Genoíno. – Isso faz parte da vida democrática do país, do partido, e é normal. O importante é deixar claro que o PT não está inovando. O PT na sua primeira bancada tinha oito deputados, e saíram três porque votaram no colégio eleitoral contrariando a posição do PT – afirmou Genoíno.

Há três dias um grupo lançou um abaixo-assinado pela Internet  pedindo a permanência da senadora no PT. Também estão ameaçados de expulsão os deputados federais Luciana Genro (RS), João Batista Babá (PA) e João Fontes (SE).

– O PT é um partido que garante a plena liberdade de opinião, de manifestação e crítica, mas o PT nunca abriu mão do voto, entendendo-o como unidade de ação – lembrou o presidente do partido.

“Eu acho que eles fizeram essa opção de romper com o PT. Agora, eles fazem essa opção se tornando vítima para serem penalizados como vítimas. Quem está sendo vítima é o partido”.