Pyongyang adverte EUA em meio a viagem de Blinken à Ásia

Arquivado em: América do Norte, Ásia, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 16 de março de 2021 as 11:01, por: CdB

A irmã do líder da Coreia do Norte lançou uma mensagem em tom de intimidação para os Estados Unidos nesta terça-feira, em meio a uma viagem de integrantes do alto escalão do governo Biden por Japão e Coreia do Sul.

Por Redação, com ANSA – de Seul

A irmã do líder da Coreia do Norte lançou uma mensagem em tom de intimidação para os Estados Unidos nesta terça-feira, em meio a uma viagem de integrantes do alto escalão do governo Biden por Japão e Coreia do Sul.

Kim Yo-jong, irmã de Kim Jong-un

– Se quiserem dormir sonos tranquilos nos próximos quatro anos, não façam desde o início coisas que os fariam perder o sono – advertiu Kim Yo-jong, irmã de Kim Jong-un, acrescentando que os EUA estão tentando “difundir o odor de pólvora”.

Exercícios militares

Os secretários de Estado e de Defesa dos EUA, Anthony Blinken e Lloyd Austin, iniciaram na segunda-feira uma visita a Japão e Coreia do Sul. Além disso, Washington e Seul começaram exercícios militares conjuntos na semana passada.

As declarações de Kim Yo-jong foram a primeira menção do regime de Pyongyang ao novo governo dos Estados Unidos, pouco menos de dois meses depois da posse de Joe Biden. Seu antecessor, Donald Trump, chegou a abrir negociações com Kim Jong-un para a desnuclearização da Coreia do Norte, mas as tratativas estão paralisadas há dois anos.

Na segunda-feira, a vice-porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Jalina Porter, disse a jornalistas que Washington tentou contatar Pyongyang “por diversos canais desde meados de fevereiro”, mas sem obter resposta.