E o Queiroz continua no tronco do laranjal

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 28 de dezembro de 2018 as 11:49, por: CdB

Esse mesmo jornalismo pau mandado, que por dinheiro é capaz de revelar até mesmo a verdade….ou não, depende do quanto tem a perder….ou ganhar. A própria imprensa, porta voz do compadrio golpista e corrupto tem publicado que o laranja da família Bozo não é apenas um laranja puro e simples como vinha sendo noticiado até aqui.

Por Maria Fernanda Arruda – do Rio de Janeiro

 

O que faz com que o jornalismo investigativo político/criminal não vá atrás do caixa-bomba Fabrício Queiroz, tronco do Laranjal dos Bolsonaro? É o medo de encontrá-lo?

O senador eleito Flavio Bolsonaro posa ao lado de Fabricio Queiroz, ex-motorista cuja movimentação financeira passa de R$ 1,2 milhão
O senador eleito Flavio Bolsonaro posa ao lado de Fabricio Queiroz, ex-motorista cuja movimentação financeira passa de R$ 1,2 milhão

É o medo de deparar com a verdade dos fatos e não ter o que fazer com ela? Não poder divulgar, ou guardar essa verdade ao sabor das circunstâncias?

Esse mesmo jornalismo pau mandado, que por dinheiro é capaz de revelar até mesmo a verdade….ou não, depende do quanto tem a perder….ou ganhar, como agora, é a mesma que não se interessou em ir de encontro ao outro endereço pra conferir se de fato, existiu por lá a tal reforma incriminatória no triplex do Guarujá?

Neste caso foi preciso integrantes do MTST entrar no prédio e fotografar toda a reforma que nunca houve e revelar ao mundo mais uma , do farsante Juiz do caso.

A própria imprensa, porta voz do compadrio golpista e corrupto tem publicado que o laranja da família Bozo não é apenas um laranja puro e simples como vinha sendo noticiado até aqui, descobriram  também que ele tem muitos crimes nas costas bastante largas, diga-se de passagem…

Uma vez que esse lixão imundo (grande imprensa) está, como sempre esteve, comprometido com tudo de mais sórdido que manipula os golpes no nosso Pa Tro Pi, cabe a nós, mídia alternativa, saber do mega criminoso e expor a banda podre daqueles pra quem ele cometia todos esses crimes.

Maria Fernanda Arruda é escritora e colunista do Correio do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *