Raúl Castro comanda projeto de reforma na Constituição de Cuba

Arquivado em: América Latina, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sábado, 2 de junho de 2018 as 16:50, por: CdB

Presidente de Cuba, Díaz-Canel também se pronunciou, na véspera, em visita a Caracas, que o triunfo do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, nas eleições deste mês.

 

Por Redação, com Ansa – de Havana

Presidente cubano, Miguel Díaz-Canel anunciou, no sábado, que o ex-presidente Raúl Castro comandará uma comissão de deputados para preparar um projeto de reforma da Constituição do país; criada inicialmente em 1976.

Raúl Castro tem apoiado as reformas econômicas no governo cubano
Raúl Castro tem apoiado as reformas econômicas no governo cubano

A Assembleia Nacional aprovou, por unanimidade; o acordo para iniciar a reforma constitucional. E deu luz verde às propostas do Conselho de Estado para integrar a comissão. O grupo, por conseguinte, inclui 33 deputados Entre eles o segundo chefe do Partido Comunista de Cuba; José Ramón Machado Ventura.

Venezuela

Díaz-Canel também afirmou, na véspera, em visita a Caracas, que o triunfo do presidente venezuelano, Nicolás Maduro; nas eleições deste mês tem valor de uma vitória para toda a América.

— O contundente triunfo do chavismo, na eleição presidencial do último 20 de maio; constitui uma vitória estratégica para a revolução bolivariana; e também para a nossa América. Essa vitória de vocês, portanto, é uma vitória de toda nossa América — declarou o líder cubano.

Doutrina Monroe

O líder cubano compareceu à sessão solene na Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela.

— Agora, a Venezuela necessita de nossa solidariedade, necessita do respaldo de nossa América em sua resistência contra a criminosa guerra política, diplomática, econômica e financeira da qual está sendo vítima — acrescentou.

Díaz-Canel, contudo, aproveitou a ocasião para repudiar as tentativas do governo norte-americano de “ressuscitar” a “agressiva” Doutrina Monroe, com novo intervencionismo na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *