Real Madrid: Isco tem alta após cirurgia de apendicite

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 26 de setembro de 2018 as 13:43, por: CdB

Isco, que foi levado a um hospital na terça-feira depois de chegar para treinar se queixando de dores estomacais, deve perder um total de seis jogos do Real.

Por Redação, com Reuters – de Madri/Londres

Isco, meia-armador do Real Madrid, deixou o hospital após passar por uma cirurgia de apendicite bem-sucedida, informaram os campeões espanhóis nesta quarta-feira.

Isco comemora gol

– Nosso jogador Isco teve alta do hospital. Agora ele iniciará seu processo de recuperação sob a supervisão dos serviços médicos do Real Madrid – disse um comunicado do time, que não explicou quanto tempo Isco deve ficar afastado.

Mas reportagens da mídia espanhola disseram que o integrante da seleção não poderá jogar por cerca de um mês e almeja voltar a tempo para a partida crucial contra o arquirrival Barcelona no campo do rival no dia 28 de outubro, pelo Campeonato Espanhol.

Isco, que foi levado a um hospital na terça-feira depois de chegar para treinar se queixando de dores estomacais, deve perder um total de seis jogos do Real, incluindo o confronto com o Sevilha pela liga nesta quarta-feira e o clássico local de sábado contra o Atlético de Madri.

Ele tampouco atuará nas partidas da Liga dos Campões contra o CSKA Moscow e Viktoria Plzen, no amistoso da Espanha com o País de Gales e no jogo da Liga das Nações da Uefa contra a Inglaterra.

Manchester United

O Manchester United foi eliminado da Copa da Liga Inglesa com uma derrota nos pênaltis para o Derby County, equipe que disputa a segunda divisão do Campeonato Inglês, em pleno estádio Old Trafford, depois que a partida da terceira rodada terminou empatada em 2 a 2 no tempo normal.

Como a competição não tem prorrogação em caso de empate nesta temporada, a partida foi direto para as cobranças de pênaltis e o Derby, de Frank Lampard, venceu por 8 a 7, depois que a cobrança de Phil Jones foi defendida pelo goleiro visitante Scott Carson.

O Derby estava muito próximo de vencer o jogo por 2 a 1 no tempo normal após o goleiro do United Sergio Romero ter sido expulso aos 22 do segundo tempo, mas a equipe de casa empatou com Marouane Fellaini nos acréscimos.

O Manchester, do técnico português José Mourinho, começou o jogo na liderança com um gol de Juan Mata aos três minutos de jogo, depois de uma entrada em velocidade de Anthony Martial pelo lado esquerdo do campo.

O Derby empatou a partida de maneira espetacular já no segundo tempo, com uma bela cobrança de falta com efeito de Harry Wilson, o jovem meia-atacante galês que está emprestado do Liverpool.

Oito minutos depois, Romero recebeu o cartão vermelho por pegar a bola com as mãos fora da área, e o Derby conseguiu o que parecia ser o gol da vitória após o goleiro substituto Lee Grant desviar um chute de Mason Mount e Jack Marriott cabecear no rebote.

Mas no quinto minuto de acréscimo, o também substituto Fellaini cabeceou após cruzamento de Diogo Dallot para levar a decisão para os pênaltis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *