Resgate de jovens presos em caverna é retomado na Tailândia

Arquivado em: Ásia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 9 de julho de 2018 as 15:21, por: CdB

O grupo de estudantes e seu professor entrou nas galerias no sábado 23 de junho após um treino de futebol, quando uma súbita tempestade começou a inundar a cavidade e lhes impediu a saída

Por Redação, com Reuters – de Mae Sa:

Equipes de resgate da Tailândia retiraram nesta segunda-feira quatro meninos de uma caverna inundada onde um time de futebol com 12 jogadores de 11 a 16 anos de idade e seu técnico ficaram presos durante mais de duas semanas, elevando para oito o total de resgatados.

Ambulância deixa caverna de Tham Luang em Chiang Rai, na Tailândia

Uma testemunha da agência inglesa de notícias Reuters próxima da caverna de Tham Luang, situada na província de Chiang Rai, no norte tailandês, viu equipes médicas levando quatro pessoas para fora da caverna rumo a ambulâncias ao longo do dia.

A operação de resgate foi iniciada no domingo, quando os primeiros quatro meninos foram retirados. Eles estão hospitalizados em bom estado de saúde, disseram autoridades.

– Até o momento, oito pessoas deixaram a caverna – disse uma autoridade envolvida na operação de resgate à Reuters, pedindo para não ser identificada por não estar autorizada a falar à mídia.

A unidade de elite da Marinha tailandesa, que está supervisionando o resgate, confirmou mais tarde em sua página de Facebook que o número total de meninos resgatados é de oito.

O time de futebol Javalis Selvagens e seu técnico ficaram presos no dia 23 de junho, quando decidiram explorar o vasto complexo de cavernas depois de um treino, porque uma chuva sazonal intensa inundou os túneis.

Mergulhadores britânicos encontraram os 13 encolhidos em um banco de lama de uma câmara parcialmente inundada a vários quilômetros de profundidade, na segunda-feira da semana passada.

O esforço arriscado para resgatar os meninos recomeçou horas mais cedo nesta segunda-feira, após uma pausa feita na noite de domingo para reabastecer os tanques de oxigênio da equipe e fazer outros preparativos nas profundezas da caverna.

Chuvas

As autoridades disseram que a missão pode exigir de três a quatro dias. Trata-se de uma corrida contra o relógio devido à expectativa de chuvas fortes nos próximos dias, que podem voltar a inundar perigosamente os túneis.

A equipe de resgate entrou na caverna para retomar a operação às 11h locais, disse Narongsak Osottanakorn, chefe da operação de resgate, em uma coletiva de imprensa mais cedo, acrescentando que espera boas notícias.

Narongsak disse que “a mesma equipe multinacional” que entrou na caverna no domingo para resgatar os primeiros quatro meninos foi mobilizada nesta segunda-feira.

Ele não soube dizer quanto meninos mais a equipe espera retirar ainda nesta segunda-feira.