Resultados mostram vitória apertada de Buttigieg em prévia democrata de Iowa

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020 as 10:57, por: CdB

Pete Buttigieg venceu por pouco o caucus presidencial democrata do Estado norte-americano do Iowa, disse o diretório estadual do partido.

Por Redação, com Reuters – de Washington

Pete Buttigieg venceu por pouco o caucus presidencial democrata do Estado norte-americano do Iowa, disse o diretório estadual do partido na quinta-feira, após um longo atraso na divulgação dos resultados da primeira disputa da corrida que escolherá o adversário do presidente republicano Donald Trump.

Pré-candidato democrata à Presidência dos EUA Pete Buttigieg discursa em evento de campanha em New Hampshire
Pré-candidato democrata à Presidência dos EUA Pete Buttigieg discursa em evento de campanha em New Hampshire

Buttigieg, ex-prefeito moderado de 38 anos de South Bend, em Indiana, derrotou o senador progressista Bernie Sanders por 26,2% a 26,1% no equivalente a delegados estaduais, o dado usado tradicionalmente para determinar o vencedor, após a contagem de 100% das zonas eleitorais, informou o Partido Democrata de Iowa.

A senadora Elizabeth Warren ficou em terceiro lugar com 18%, o ex-vice-presidente Joe Biden em um quarto lugar decepcionante com 15,8% dos votos e a senadora Amy Klobuchar em quinto com 12,3%.

Os resultados, que foram ofuscados por problemas técnicos e organizacionais, podem remodelar a corrida para a indicação presidencial democrata para a eleição de novembro e provocaram dúvidas sobre o futuro de Biden, que já esteve na dianteira.

Os democratas de Iowa foram a 1,6 mil escolas, centros comunitários e outros locais públicos na noite de segunda-feira para escolher entre os 11 pré-candidatos.

Mas os postulantes já haviam deixado o Estado e voltado a atenção para a primária seguinte de 11 de fevereiro em New Hampshire antes de os resultados finais serem divulgados em duas levas na terça-feira.

Falhas

Autoridades culparam falhas relacionadas a um novo aplicativo usado para a contagem de votos pelo atraso incomum no Iowa, o Estado que tradicionalmente inicia a campanha presidencial nos Estados Unidos, que neste ano culmina em 3 de novembro.

Na quinta-feira, o presidente do Comitê Nacional Democrata, Tom Perez, pediu uma auditoria do caucus de Iowa, já que o problema técnico criou incertezas sobre a precisão da contagem.

– Quero fazer com que o eleitor de Iowa saiba que seu voto foi contado – disse Perez em uma entrevista ao canal MSNBC.

Ele disse que é improvável que uma revisão altere a composição dos 41 delegados do Estado na Convenção Nacional Democrata.

O líder do Partido Democrata do Iowa, Troy Price, disse que o diretório local não planeja iniciar uma auditoria imediata e que só o fará se um pré-candidato a solicitar.

Antes de os resultados finais serem anunciados, Sanders agradeceu os cidadãos do Iowa pela “vitória muito forte que nos deram” na segunda-feira.

Indagado posteriormente em um evento da CNN se pedirá uma recontagem, Sanders disse: “Tivemos o suficiente de Iowa. Acho que temos que seguir para New Hampshire”.

– Acho que no final das contas, o senhor Buttigieg e eu teremos um número igual de delegados na convenção nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *